Governo federal testa esquema de segurança da Copa durante final do Carioca

  • Por EFE
  • 13/04/2014 21h04
RIO DE JANEIRO,RJ,13.04.2014:CARIOCA/FLAMENGO E VASCO - O jogador Léo Moura do Flamengo comemora gol durante a partida entre Flamengo e Vasco válida pela final do Campeonato Carioca 2014 no Estádio Arena Maracanã no Rio de Janeiro (RJ), neste domingo (13). (Foto: Marcelo Moreira/Futura Press/Folhapress)Esquema de segurança para Copa foi testado

A final do Campeonato Carioca entre Flamengo e Vasco, disputada neste domingo, foi utilizada como exercício preparatório em itens de segurança que serão adotados durante a Copa do Mundo, de acordo com informação divulgada pelo governo federal.

► Concorra ao livro “Libertadores – Paixão que nos une”

A operação na partida que teve público de quase 50 mil pessoas foi coordenada pela Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça. Questões como segurança e deslocamento de torcedores, delegações e autoridades foram tratadas de forma similar à que será adotada durante o Mundial.

Segundo divulgou o Blog do Planalto, a intenção da secretaria era “avaliar e orientar as ações implementadas a fim de aprimorar a atuação das forças de segurança para a Copa”, com atuação conjunta de Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Ministério da Defesa e Guarda Municipal.

Segundo o governo federal, outros estádios que serão utilizados no Mundial terão o mesmo teste. O próximo será na Arena Pantanal, no próximo dia 26, na partida entre Luverdense e Vasco, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

A segurança da Copa do Mundo será feita por aproximadamente 170 mil homens, e receberá aproximadamente R$ 1,9 bilhão em investimento, o maior montante já aplicado para uma Copa do Mundo.