Grandes narradores esportivos lamentam morte de Luciano do Valle

  • Por Jovem Pan
  • 19/04/2014 18h14

Luciano do Valle morreu neste sábado (19)Luciano do Valle

A morte de Luciano do Valle, icônico narrador esportivo da televisão brasileira, causou muita comoção entre seus colegas de profissão. Em contato com a Rádio Jovem Pan, logo depois da notícia do falecimento de Luciano, Oliveira Andrade e Milton Leite, outros grandes nomes da narração, lamentaram profundamente a notícia.

“Recebi a notícia há cerca de 10 minutos. Somos contemporâneos, campineiros. Convivo com ele desde essa época, começo da década de 70. Ele era um batalhador. A vontade que ele tinha, a garra que ele tinha. Ele narrava os treinos da Ponte Preta, do Guarani, para ir treinando. Ele se transformou nesse verdadeiro colosso da narração esportiva. Ele que tanto fez pelo esporte brasileiro”, disse Oliveira Andrade, relembrando o companheiro.

Milton Leite, que foi igualmente pego de surpresa com a notícia, mencionou o nome de Luciano do Valle como um dos grandes ícones da profissão.

“Eu acabo de receber a notícia. É absolutamente chocante. Luciano do Valle e Galvão Bueno são os dois maiores ícones da narração esportiva. Ele era um gentleman”, falou. “A ascensão o voleibol. Tem um gol dele, do Flamengo, quando o Zico fez um gol inacreditável no Maracanã. Ele disse: ‘não há palavras para descrever o gol de Zico’. Para mim é uma narração muito emocionante. Tem uma série de marcas que ele deixa para o esporte”, completou Milton Leite.

Oliveira Andrade relembrou um pouco da convivência com o amigo e mensurou o impacto da notícia do falecimento de Luciano do Valle.

“Ele já vinha sofrendo com problemas de saúde, mas vinha driblando todos eles. Parecia muito estável”, ressaltou. “É uma perda. Seu espírito de empreendedorismo. Basta ver o que ele fez pelo vôlei no Brasil. O vôlei brasileiro é o que é hoje por causa do Luciano do Valle. Ele era um apaixonado pelo esporte. Ele acreditou no vôlei, no basquete, no ciclismo, até na sinuca. Ele era um visionário. Isso além da voz marcante”, finalizou Oliveira Andrade, lembrando-se das qualidades do parceiro.

José Manoel de Barros, narrador da Rádio Jovem Pan, comentou a notícia da morte do companheiro de profissão e exaltou a importância de Luciano do Valle não só para a narração esportiva, mas para o esporte brasileiro.

“É inegável que é um momento de muita tristeza. O Luciano deixou um grande legado para o esporte brasileiro, de uma forma geral. Como narrador, mas também como homem do esporte, que procurou dar mais importância e mostrar para o povo brasileiro outras modalidades, divulgar novas modalidades, e combater essa monocultura esportiva. O esporte brasileiro perde um de seus maiores nomes incentivadores”, observou José Manoel de Barros