Guaraní bate Racing e sai em vantagem nas quartas de final da Libertadores

  • Por Agencia EFE
  • 21/05/2015 22h06
Jogadores do Guarani comemoram gol na vitória por 1 a 0 sobre o Racing

Algoz do Corinthians, o Guaraní venceu nesta quinta-feira o Racing por 1 a 0, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai, e deu passo importante para garantir um lugar nas semifinais da Taça Libertadores.

De olho em repetir o surpreendente Nacional, vice-campeão da edição passada, a equipe aurinegra marcou aos 39 minutos do segundo tempo, em chute de fora da área do meia-atacante Julián Benítez, depois de grande pressão obtida, favorecida pela superioridade numérica desde o fim da etapa inicial.

O time argentino precisou atuar com um homem a menos a partir dos 41 minutos do primeiro tempo, quando o zagueiro Luciano Lollo foi expulso de maneira direta. O árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci viu cotovelada do jogador no centroavante Federico Santander, o que gerou muitas reclamações dos visitantes.

Com o resultado obtido em casa, o Guaraní, que nas oitavas eliminou o Corinthians vencendo por 2 a 0 no Paraguai e 1 a 0 no Brasil, jogará fora de casa pelo empate, mas poderá perder por um gol de diferença para avançar – desde que marque um gol. Em caso de sofrer derrota pelo placar mínimo, a decisão será nos pênaltis.

Ao atual campeão argentino, resta vencer por dois gols de diferença para sair classificado. Um dos placares que valem para a equipe é o 4 a 1, aplicado na segunda rodada do grupo 8, na casa do Racing.

O reencontro entre as duas equipes acontecerá na próxima quinta-feira, no estádio Cilindro de Avellaneda, a partir das 21h (horário de Brasília). O vencedor encarará quem levar a melhor entre Cruzeiro e River Plate, exceto se o time brasileiro e o Internacional avançarem, o que obrigará um duelo brasileiro.