Guaraní empata com Racing e volta às semis da Libertadores depois de 49 anos

  • Por Agência EFE
  • 29/05/2015 01h05
Guarany superou o Racing e se classificou para as semifinais da Libertadores

O Guaraní, do Paraguai, eliminou nesta quinta-feira o Racing da Taça Libertadores ao empatar, em 0 a 0, fora de casa, no Cilindro de Avellaneda, uma semana depois de ter ganhado por 1 a 0 em Assunção e se garantiu nas semifinais da competição continental pela primeira vez desde 1966.

O time paraguaio teve a grande chance da partida aos 44 do primeiro tempo, quando o Racing teve o goleiro Sebastián Saja expulso, após derrubar na área o atacante Marcelo Palau.

No entanto, o Guaraní desperdiçou a cobrança, que foi defendida pelo reserva Nelson Ibáñez, que entrou em campo sem tempo suficiente para se aquecer.

Mesmo em desvantagem numérica, o Racing lutou muito no segundo tempo e teve pelo menos duas grandes oportunidades para chegar ao gol com Gustavo Bou, mas que acabaram sendo contidas pelo goleiro Aguilar.

A equipe paraguaia, que passou pelo Corinthians nas oitavas de final, foi fundada há 111 anos e tem 14 participações no torneio continental. Esta é a segunda vez em sua história que o Guaraní chega às semifinais da Libertadores.

Seu adversário na próxima fase, que será disputada após a Copa América do Chile, será outro time argentino, o River Plate, que eliminou ontem o Cruzeiro em Belo Horizonte.