Guerrero marca dois e Corinthians vira sobre Bayer na primeira vitória de 2015

  • Por Jovem Pan
  • 17/01/2015 17h50
durante o jogo entre Corinthians/Brasil x Bayer Leverkusen/Alemanha realizado esta tarde no Everbank Field, na cidade de Jacksonville/EUA, valido pela Florida Cup 2015. Juiz: Kevin Terry Jr. - Jacksonville/EUA - 17/01/2015. Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. CorinthiansGuerrero marca dois e Corinthians supera Bayer Leverkusen

O Corinthians deu mostras de que pode começar bem a temporada ao bater o Bayer Leverkusen, neste sábado (17), em jogo válido pela Florida Cup. Com dois gols do peruano Guerrero, o time brasileiro conseguiu a virada frente aos alemães e conquistou a primeira vitória de 2015, depois de ter iniciado o ano com derrotara para o também alemão Colônia.

Sentindo a falta de ritmo de jogo, o time do técnico Tite começou o jogo acuado pelos alemães que, logo aos 14 minutos, abriram o placar com Yurchenko. A reação alvinegra começou nos pés de Renato Augusto. O meia cresceu na partida e deu a assistência para o gol de empate de Guerrero. Já no segundo tempo, foi a vez de Fágner servir o peruano, que marcou novamente e deu a vitória aos brasileiros.

A delegação corintiana deixa os EUA na noite deste domingo (18). No dia 01 de fevereiro, o Timão estreia no Campeonato Paulista diante do Maraília, em partida que será disputada na Arena Corinthians. Três dias depois, é a vez dos comandados de Tite receberem o colombiano Once Caldas, pela ida da fase preliminar da Libertadores 2015, principal objetivo do time paulista neste primeiro semestre.

O jogo

 

O início do primeiro tempo demonstrou, logo de cara, como as equipes não pretendiam fazer da partida um simples amistoso. No primeiro minuto de disputada, Sheik e Spahic se estranharam e o juiz teve dificuldades de conter a confusão entre os atletas.

Com a bola no chão, a diferença de ritmo entre as equipes foi evidente. Mais inteiros fisicamente, os alemães partiram para cima do Corinthians, que teve dificuldades na saída de bola e se viu encurralado pelo Bayer. Aos 14 minutos, veio o castigo. Drmic fez boa jogada pela esquerda, invadiu a área e rolou para Yurchenko que, livre, bateu firme para vencer Cássio e abrir o placar.

Sem conseguir reagir prontamente, os europeus ainda tiveram uma chance de ampliar. Aos 23 minutos, Bellarabi cobrou escanteio aberto, a zaga alvinegra parou e Calhanoglu desperdiçou boa chance ao bater por cima da meta de Cássio.

Com Renato Augusto mais incisivo na partida, o Corinthians cresceu na segunda metade da etapa inicial e o resultado foi quase que imediato. Aos 28 minutos, o camisa oito cobrou escanteio na cabeça de Guerrero, que testou firme e decretou a igualdade no placar do Everbank Field.

O Corinthians ainda cresceu no fim da etapa inicial, mas não conseguiu ameaçar o goleiro Leno em muitas oportunidades. Abusando das jogadas individuais, Emerson Sheik acabou minando algumas boas chances ofensivas do Timão antes do final dos primeiros 45 minutos.

Apostando na formação escolhida como titular, o técnico Tite retornou para o segundo tempo sem nenhuma modificação, enquanto os alemães modificaram seis peças. Os comandados de Tite voltaram mais acesos na segunda etapa e a virada foi apenas questão de tempo. Aos 14 minutos, Fágner fez boa jogada pela direita e cruzou na medida para Guerrero marcar o segundo e colocar o Timão na frente. Vale lembrar que o clube brasileiro e o centroavante ainda não se acertaram quanto a renovação contratual do camisa nove, que se transformou em uma grande novela. 

Depois do gol, Tite ainda promoveu as entradas de Bruno Henrique e Mendoza. Danilo e Luciano entraram mais ao final da partida. Atrás no placar, os alemães tentaram pressionar o Corinthians em busca do empate, mas esbarram no ótimo posicionamento do setor defensivo alvinegro.

A chance mais clara dos alemães aconteceu aos 22 minutos, quando o brasileiro Wendell fez ótimo cruzamento na direção de Henrichs, que emendou de primeira e assustou Cássio. No fim, o Bayer rondou a área corintiana, mas Ralf e Gil esbanjaram entrosamento e garantiram o triunfo dos brasileiros.