Guerrero nega ter pedido “fortuna” para renovar e abre portas para a Europa

  • Por Jovem Pan
  • 26/11/2014 13h00
durante o treino desta tarde no CT Joaquim Grava, zona leste da cidade. O próximo jogo da equipe sera, domingo, dia 30/1, no Maracana, valido pela 37a. rodada do Campeonato Brasileiro de 2014. Juiz: Ricardo Marques Ribeiro - Sao Paulo / SP - Brasil - 25/11/2014. Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. CorinthiansGuerrero desmente ter pedido fortuna para renovar

Com a vaga praticamente assegurada na Libertadores 2015, o Corinthians agora luta para renovar o contrato de Paolo Guerrero, seu principal nome na temporada. Apesar da boa fase, o peruano garantiu não ter pedido nada que o clube não possa bancar, reiterou o desejo de permanecer na equipe, mas também não fechou as portas para um possível retorno à Europa. 

De acordo com a diretoria alvinegra, as conversas para a negociação do craque peruano devem avançar bem mais rápido nessa semana. Guerrero não cansa de deixar claro seu desejo de permanecer no clube onde se sagrou campeão mundial. “Sempre foi a intenção do Corinthians renovar por três anos e a minha também, porque gosto de jogar aqui e estou feliz aqui. A imprensa sempre especula, e todo mundo fica imaginando coisas. Não podemos ser assim. As coisas têm de estar certas, tanto pelo Corinthians quanto por mim. Acho que o Corinthians está dentro da possibilidade de fazer um contrato dentro do que estou pedindo”, disse em entrevista coletiva. 

Apesar de o assunto ter tomado conta da pauta do clube nos últimos dias, o atacante não se mostrou angustiado com o desfecho do caso. “Ainda tenho mais seis meses de contrato. Então, tenho de encarar tudo com tranquilidade. Sei que chegaram ofertas ao Corinthians, mas eles não tiveram a intenção de me vender. Estou feliz aqui e vamos ver o que nos espera no futuro”, afirmou o autor do gol da última vitória corintiana no Campeonato Brasileiro. 

Guerrero também aproveitou para desmentir os altos valores que vem sendo especulados pela imprensa acerca da sua renovação. Chegou-se a dizer que o clube teria que desembolsar R$ 30 milhões de reais em três anos. “Acho que os valores que estão saindo aí não são certos. Pelo conhecimento que eu tenho, não tem nada a ver esses números. Não quero entrar em detalhes porque é coisa da diretoria com meu empresário. No momento estou tranquilo, trabalhando forte, e quero encerrar bem o Campeonato Brasileiro”, garantiu. 

Se as conversas emperrarem e a renovação não sair, o peruano não descarta um retorno à Europa, onde atuou por anos. “Sou um jogador profissional e estou aberto a tudo. Quero ficar no Corinthians, mas se não tiver oportunidade minha intenção é voltar para a Europa. A decisão é do Corinthians. Se não der, minha intenção é voltar para a Europa. Sei que tenho 30 anos, mas ainda estou com força, muita vontade de seguir jogando futebol”, finalizou. 

Com Guerrero, o Corinthians retorna aos gramados no próximo domingo (30), pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, diante do Fluminense, no Maracanã. A Jovem Pan e o Jovem Pan Online transmitem todas as emoções da partida.