Há 22 anos, Palmeiras quebrava tabu de títulos com goleada no Corinthians

  • Por Jovem Pan
  • 12/06/2015 12h19
Futebol - Campeonato Brasileiro, 1994 - Corinthians 1 x 1 Palmeiras: jogadores e comissão técnica do Palmeiras comemoram junto à taça a conquista do título brasileiro no Pacaembu, em São Paulo (SP). O Palmeiras empatou em 18 de dezembro de 1994 com o Corinthians em 1 a 1 e conquistou o título de bicampeão brasileiro (1993/1994). O time, que vencera a primeira partida decisiva em 15 de dezembro (3 a 1), podia perder por até dois gols de diferença. O Corinthians abriu o placar logo no início. Aos 3min30, o goleiro Velloso espalmou a bola, que bateu na trave e sobrou para Marques marcar. Rivaldo, autor de dois gols do Palmeiras no primeiro jogo da final, empatou aos 36min2s do segunto tempo. (São Paulo, SP, 18.12.1994. Foto de Jorge Araújo/Folhapress. Negativo SP 19511-1994)Palmeiras campeão paulista 1993

O Palmeiras não ganhava um título desde 1976. Era o maior jejum de troféus vivido pelo clube em sua história. Em 1993, pelo Paulistão, o alviverde teve mais uma chance de sair da fila.

A grande decisão era contra o maior rival, o Corinthians. Após a vitória do alvinegro na primeira partida, o Palmeiras precisaria vencer o segundo e independente do placar a partida iria para a prorrogação e pênaltis, caso necessário.

No tempo normal, o time do Palestra não deixou dúvidas quanto a sua superioridade e venceu com facilidade, por 3 a 0. Zinho abriu o placar, o matador Evair ampliou e Edilson, que mais tarde jogaria no Corinthians fez mais um.

Na prorrogação, o Palmeiras jogava pelo empate, mas Evair fez mais, de pênalti e deu números finais a partida, decretando o vigésimo nono título paulista alviverde. Acabava o jejum de títulos e começaria uma sequência de títulos com bicampeonato Brasileiro e Estadual.