Há dois anos na categoria, Rubinho não esperava título da Stock Car tão cedo

  • Por Felipe Motta/Jovem Pan
  • 06/12/2014 12h28

Piloto de 42 anos venceu pela primeira vez na Stock Car no fim de semana

Feliz por vitória

O piloto Rubens Barrichello foi o grande campeão da temporada 2014 da Stock Car, no último fim de semana. A conquista marcou o fim de um jejum de 23 anos sem títulos no automobilismo. Em entrevista à Jovem Pan, o veterano de 42 anos não imaginou que conseguiria a glória máxima na categoria nacional em apenas dois anos. Para ele, vencer a “Prova do Milhão” foi o ponto de partida para a sua equipe acreditar em voos maiores dentro das pistas.

“Falar que eu pensava que seria campeão eu estaria dando um passo maior do que as minhas pernas. Quando você ganha a corrida, suas chances de ser campeão aumentam. Ganhando a prova do milhão, a equipe ganhou um poder enorme, todo mundo trabalhando bem junto”, revelou. “Acho que a prova do milhão mostrou para a equipe que tínhamos capacidade de ganhar mais e na prova seguinte vencemos novamente”, completou.

Orgulhoso de todo o trabalho realizado e ainda mais depois das dificuldades por qual passou na última etapa, no circuito de Curitiba, quando seu carro apresentou problemas durante a prova, Rubinho ressaltou a importância moral que a taça fez a ele.

“Foi ótima. Foi uma decisão que me deixou muito orgulhoso. Muito trabalho, mas muito orgulho. A largada, aquele problema com o óleo, a conquista e estar com os meus filhos. Foi muito legal”, falou.

O ex-piloto da Fórmula 1 enfatizou o crescimento da equipe Full Time durante a temporada. Sem ter um carro veloz no início do ano, Barrichello lembrou das diversas mudanças no carro que o tornaram concorrente ao título.

“Nós começamos o campeonato muito conturbado. O carro não era veloz, mas a prova era na chuva e conseguimos um pouco mais de resultado. Depois fomos para Santa Cruz e o carro não se comportava bem. Tiveram diversas análises. Fizemos muitas mudanças no carro e ele reagiu de forma positiva, aí as coisas aconteceram”, finalizou.