Hamilton aproveita descuido de Rosberg e vence GP da Rússia; Massa é 11º

  • Por Jovem Pan
  • 12/10/2014 09h43
Confira as imagens do GP da Rússia de Fórmula 1

Lewis Hamilton voou baixo em Sochi, na Rússia, na manhã deste domingo (12) e garantiu sua quarta vitória consecutiva em 2014, a 9ª na atual temporada. O líder do Mundial foi seguido por seu companheiro Nico Rosberg, que fez uma corrida de recuperação e conseguiu chegar na segunda posição. O pódio foi completado pelo finlandês Valtteri Bottas, da Williams. O brasileiro Felipe Massa sofreu para ultrapassar o mexicano Sérgio Perez da Force India e terminou apenas em 11º.

A nova dobradinha também, garantiu o título matemático do Mundial de Construtores para a Mercedes. Esta é a primeira conquista da equipe alemã, que retornou à Fórmula 1 em 2009.

O britânico ainda se tornou o piloto inglês com mais vitórias na história da categoria, subindo por 31 vezes no local mais alto do pódio. Com a vitória, Hamilton vai a 291 pontos, 17 a mais que o seu companheiro de equipe, que chegou aos 274.

A próxima etapa da Fórmula 1 acontece daqui três semanas, nos Estados Unidos.

A corrida

Hamilton contou com o problema de Rosberg logo após a largada. O alemão o ultrapassou na primeira curva, espalhou e precisou devolver a posição para seu rival. Além disso, o vice-líder danificou os pneus e precisou ir aos boxes, facilitando a vida do líder do campeonato.

Indo para as últimas posições, Rosberg colocou pneus médios para ir aos boxes apenas uma vez. A estratégia deu certo e o alemão não teve dificuldades em ultrapassar os seus colegas. Após a parada de Sebastian Vettel, o jovem piloto não deu chances para Bottas e garantiu o menor dos males com a segunda colocação.

Massa também saiu com os pneus duros e foi no vácuo de Rosberg, recuperando posições rapidamente. O grande problema do brasileiro foi quando encontrou Sérgio Perez pela frente. O brasileiro demorou a ultrapassar o mexicano e depois precisou ir novamente aos boxes. Novamente precisando lutar pelo Top 10, o veterano não conseguiu bater o rival mexicano e passou na 11ª posição.

Hamilton não teve problemas. Soberano na corrida e sem ninguém a frente, o líder da competição guiou bem o seu carro para aumentar a sua vantagem na ponta e entrar na história como o primeiro vencedor do novo circuito da Fórmula 1.