Hamilton demonstra frustração com 3º lugar e reclama da Mercedes

  • Por Agência EFE
  • 24/05/2015 13h44

O britânico Lewis Hamilton não ficou nada contente com o erro de cálculo da Mercedes

Lewis Hamilton frustrado após o GP da Mônaco

Após ter visto escapar aquela que seria sua quarta vitória em seis corridas na temporada devido a uma falha da Mercedes, o britânico Lewis Hamilton não escondeu o descontentamento e a frustração por terminado o Grande Prêmio de Mônaco em terceiro lugar.

O atual campeão mundial liderava confortavelmente a corrida até que o safety cart entrou na pista devido a um acidente entre o holandês Max Verstappen (Toro Rosso) e o francês Romain Grosjean (Lotus).

A Mercedes acreditou que o britânico tinha margem de sobra e para realizar uma troca de pneus. No entanto, Hamilton retornou à pista em terceiro, atrás dos alemães Nico Rosberg, seu companheiro de equipe, e Sebastian Vettel (Ferrari).

“Não posso expressar como me sinto neste momento, e por isso não vou tentar. Para ser sincero, tudo aconteceu tão depressa que mal me lembro. Sempre se confia na equipe”, declarou o bicampeão.

Hamilton revelou que quando foi chamado para os boxes pensou que os carros que vinham atrás também haviam parado e que por isso continuaria na ponta e com pneus novos para fechar a prova. “Vi em uma tela que os integrantes da equipe estavam preparados fora da garagem e pensei que Nico estava parando”, afirmou.

O britânico destacou que ter perdido a vitória foi ainda mais doloroso por se tratar do GP de Mônaco. “Esta corrida está no meu coração há muitos anos. Me senti muito bem durante disputa e tinha um ritmo muito bom. Também não tive que pisar fundo demais. Se fosse o caso, poderia ter aumentado minha vantagem”, finalizou.