Hamilton é acusado de machismo por jogar champagne no rosto de chinesa

  • Por Jovem Pan
  • 14/04/2015 19h03
Hamilton se empolga ao comemorar o primeiro lugar no Grande Prêmio da China

Lewis Hamilton ficou muito contente com a vitória no Grande Prêmio da China no último domingo (12). Tão contente que resolveu comemorar com uma das mulheres que trabalhavam no evento jogando o tradicional champagne da vitória em seu rosto. Só que nem todo mundo embarcou na empolgação do piloto da Mercedes.

Segundo informações do jornal britânico Daily Mail, um grupo antimachista considerou a atitude “egoísta e arrogante”. Hamilton deveria, inclusive, ser forçado a se desculpar por “direcionar especialmente” a bebida no rosto da chinesa. Outro grupo afirmou que atitude causou constrangimento ao Reino Unido.

A vitória deixou Hamilton com 68 pontos no campeonato, contra 55 de Sebastian Vettel, da Ferrari, e 51 de Nico Rosberg, seu companheiro de equipe. A próxima etapa do Mundial de Fórmula 1 acontece no domingo (19) no Circuito de Sakhir, no Grande Prêmio do Bahrein.