Hamilton se diz conformado: “Nico mereceu vencer, e tenho que parabenizá-lo”

  • Por Agencia EFE
  • 21/06/2015 16h24
Hamilton chegou em segundo no GP da Áustria

Apesar da chateação com segundo lugar no Grande Prêmio da Áustria de Fórmula 1 depois de ter largado na pole position, o britânico Lewis Hamilton (Mercedes) reconheceu que seu companheiro de equipe, o alemçao Nico Rosberg, mereceu cruzar a linha de chegada na frente.

“Foi uma corrida simples. Nico mereceu vencer, e tenho que parabenizá-lo”, declarou Hamilton, que ainda lidera o Mundial, com 169 pontos, dez a mais que Rosberg.

O bicampeão mundial largou na primeira posição, mas foi ultrapassado pelo companheiro de escuderia logo na primeira curva. Ele ainda tentou dar o troco nas duas curvas seguintes, mas não conseguiu e a partir daí teve alguns problemas e viu o alemão administrar a vantagem até o fim.

“Não tive a melhor largada. Tive problemas na aceleração, já que, embora tirasse o pé do acelerador, o carro continuava acelerando. Assim, quando soltei a embreagem, as rodas patinavam, e perdi terreno. Isso é algo para que devemos olhar agora”, considerou.