Hamilton vacila e Rosberg fatura pole position no Azerbaijão

  • Por Estadão Conteúdo
  • 18/06/2016 11h48
Rosberg larga na pole

Com uma ajuda inesperada de Lewis Hamilton, Nico Rosberg faturou neste sábado a pole position do GP da Europa, que é disputado em Baku, no Azerbaijão. O inglês, que liderara os três treinos livres, cometeu erro bobo nos minutos finais do Q3 e abriu caminho para a 25ª pole do companheiro alemão da Mercedes. Hamilton largará somente da 10ª colocação. Felipe Massa sairá em 6º e Felipe Nasr, em 16º.

Rosberg não largava da primeira posição desde o GP da Rússia, há três etapas. Com a distância para Hamilton no grid, o alemão terá oportunidade preciosa para voltar a aumentar a vantagem no Mundial de Pilotos. Com a reação do inglês nas últimas corridas, a diferença entre os dois caiu par apenas nove pontos. 

Apesar da liderança nos treinos livres, Hamilton vinha sendo superado pelo companheiro de equipe na sessão classificatória. Rosberg liderou tanto o Q1 quanto o Q2 e se encaminhava para fechar na frente também no Q3 quando o inglês acertou o muro com a roda dianteira direita e quase quebrou o eixo.

O pequeno incidente causou grande estrago para o treino de Hamilton. Ele precisou abandonar a sessão, faltando ainda 2min30s para o fim, e exigiu a bandeira vermelha, que paralisou o treino por poucos minutos. Na retomada, Rosberg não foi ameaçado pelos rivais. Ele largará ao lado do australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull.

Felipe Massa buscou o 6º tempo do Q3, mostrando evolução ao longo da sessão classificatória. O brasileiro havia sido somente o 13º no Q1 e o 10º, no Q2. Em ambos, fora superado pelo companheiro de Williams, o finlandês Valtteri Bottas. No Q3, Massa deu o troco e foi o mais rápido. Bottas vai largar em 8º. O brasileiro ainda ganhoumais uma posição após punição a Sérgio Perez

O treino também foi positivo para Felipe Nasr. Mesmo com dificuldades no freio, ele conseguiu passar do Q1, algo incomum nesta temporada, em razão das limitações da Sauber. O brasileiro vai largar em 16º, quatro posições à frente do sueco Marcus Ericsson, seu parceiro na Sauber.

O Top 10 do grid terá ainda o russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso, largando em sétimo. E o holandês Max Verstappen, sensação da temporada, em nono. O jovem piloto vai largar ao lado de Lewis Hamilton, que praticamente não registrou tempo no Q3 por deixar a melhor volta somente para os instantes finais, quando acertou o muro.

A decepção do dia ficou por conta da McLaren. O espanhol Fernando Alonso, que vinha em boa evolução nas últimas etapas, não conseguiu avançar ao Q3. Assim, sairá somente da 14ª colocação. O inglês Jenson Button foi ainda pior. Foi eliminado logo no Q1. Será apenas o 19º colocado. 

O GP da Europa, em Baku, será disputado às 10 horas deste domingo (horário de Brasília). 

Confira o grid de largada do GP da Europa: 

1º – Nico Rosberg (ALE/Mercedes), a 1min42s758 

2º – Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), a 1min43s966 

3º – Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), a 1min43s966 

4º – Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), a 1min44s269 

5º – Felipe Massa (BRA/Williams), a 1min44s483 

6º – Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), a 1min44s717 

7º – Sergio Pérez (MEX/Force India), a 1min43s515* 

8º – Valtteri Bottas (FIN/Williams), a 1min45s246 

9º – Max Verstappen (HOL/Red Bull), a 1min45s570 

10º – Lewis Hamilton (ING/Mercedes), a 2min01s954 

11º – Romain Grosjean (FRA/Haas), a 1min44s755 

12º – Nico Hülkenberg (ALE/Force India), a 1min44s824 

13º – Carlos Sainz Jr (ESP/Toro Rosso), a 1min45s000 

14º – Fernando Alonso (ESP/McLaren), a 1min45s270 

15º – Esteban Gutierrez (MEX/Haas), a 1min45s349 

16º – Felipe Nasr (BRA/Sauber), a 1min46s048 

17º – Rio Haryanto (IND/Manor), a 1min45s665 

18º – Pascal Wehrlein (ALE/Manor), a 1min45s750 

19º – Jenson Button (ING/McLaren), a 1min45s804 

20º – Marcus Ericsson (SUE/Sauber), a 1min46s231 

21º – Kevin Magnussen (DIN/Renault), a 1min46s348 

22º – Jolyon Palmer (ING/Renault), a 1min46s394

* Perdeu cinco posições por sofrer punição no terceiro treino livre.