Harden e Westbrook têm novos “triple-doubles” e ajudam em vitórias

  • Por Estadão Conteúdo
  • 16/01/2017 10h37

Russell Westbrook chegou ao vigésimo "triple double" na temporada

Russell Westbrook chegou ao vigésimo "triple double" na temporada

A NBA voltou a ter, no domingo, uma noite com dois triple-doubles, algo raro na liga. James Harden alcançou o 12º dele na temporada, enquanto Russel Westbrook marcou o 20º dele, caminhando para tentar bater o recorde histórico. Ambos ajudaram seus times, Houston Rockets e Oklahoma City Thunder, a vencer.

Na temporada 1961/62, Oscar Robertson anotou 61 triple-doubles (dois dígitos em três estatísticas), exatamente um a cada dois jogos da temporada regular. Já Westbrook chegou a 20 na 42ª partida do Thunder. Faltam outras 40, nas quais ele teria que anotar 21, pelo menos.

Apesar dos seus grandes resultados, o Thunder ainda está longe de deslanchar. A equipe depende do armador para vencer, como foi neste domingo, quando fez 122 a 118 no Sacramento Kings. Westbrook fez 36 pontos, pegou 11 rebotes e deu 10 assistências. Saindo do banco, Enes Kanter ajudou com 29 pontos e 12 rebotes. O Thunder é só o sexto do Oeste, enquanto os Kings estão em nono.

Já Harden alcançou seu 12º triple-double. Parece pouco na comparação com Westbrook, mas, no meio da temporada, ele está a um triple-double de entrar no Top 15 da história da NBA. Se chegar a 18, fica atrás apenas de Oscar Robertson e Wilt Chamberlain, além do rival do Thunder. 

Diferente de Westbrook, porém, Harden sonha mais longe na temporada. O Rockets chegou à 32ª vitória ao atropelar o Brooklyn Nets por 137 a 112, na casa do rival. Foram 21 pontos, 11 rebotes e igual número de assistências para o armador da equipe do Texas, terceira colocada do Oeste. Só fica atrás dos fortíssimos Golden State Warriors e San Antonio Spurs.

Nenê começou no banco na vitória dos Rockets e ajudou com nove pontos e três rebotes, em 14 minutos em quadra. Foi o melhor brasileiro na rodada, ainda que Lucas Bebê tenha sido titular no Toronto Raptors. O pivô, que tem cada vez mais confiança no Canadá, fez quatro pontos e pegou quatro rebotes. Ele, entretanto, ficou em quadra por 35 minutos, sendo quem mais atuou no time na vitória por 116 a 101 sobre o New York Knicks.

Pelo Chicago Bulls, Cristiano Felício desta vez não foi tão bem. Em 11 minutos, anotou apenas quatro pontos no triunfo sobre o Memphis Grizzlies por 108 a 104. Com 31 pontos, Doug McDermott teve a melhor noite da carreira.

Já Marcelinho Huertas não foi utilizado na derrota do Los Angeles Lakers, em casa, para o Detroit Pistons, por 102 a 97, a quarta seguida da franquia da Califórnia, antepenúltima do Oeste. Os Pistons são o 10º no Leste e ainda sonham com a classificação. São oito times brigando por quatro vagas, separados por apenas três vitórias. O Chicago, em oitavo, e os Knicks, em 11º, estão nessa briga. O Toronto está em segundo.

Confira os resultados da NBA neste domingo:

Dallas Mavericks 98 x 87 Minnesota Timberwolves
Toronto Raptors 116 x 101 New York Knicks
Atlanta Hawks 111 x 98 Milwaukee Bucks
Brooklyn Nets 112 x 137 Houston Rockets
Sacramento Kings 118 x 122 Oklahoma City Thunder
Memphis Grizzlies 104 x 108 Chicago Bulls
Los Angeles Lakers 97 x 102 Detroit Pistons

Acompanhe as partidas da NBA nesta segunda:

New York Knicks x Atlanta Hawks 
Washington Wizards x Portland Trail Blazers
Milwaukee Bucks x Philadelphia 76ers
Indiana Pacers x New Orleans Pelicans
Denver Nuggets x Orlando Magic
Boston Celtics x Charlotte Hornets
Golden State Warriors x Cleveland Cavaleirs
Phoenix Suns x Utah Jazz
Los Angeles Clippers x Oklahoma City Thunder