“Herdeiro intruso” de São Marcos, Fernando Prass completa 37 anos

  • Por Jovem Pan
  • 09/07/2015 00h03
Fernando Prass cumprimenta Marcos. Mesmo não sendo formado no Verdão

Quando Marcos se aposentou em 2012, os palmeirenses acharam que seu substituto viria da base do Verdão, conhecida como uma grande escola de goleiros. No entanto, Bruno, Fábio e Deola, os mais cotados para a vaga, se mostraram irregulares e decepcionaram. O que poucos esperavam, então, aconteceu: a diretoria palmeirense foi ao mercado buscar alguém para defender sua meta. Fernando Prass, do Vasco, foi o escolhido.

Desde 2013 jogando pelo Palmeiras, o gaúcho Fernando Büttenbender Prass completa 37 anos nesta quinta-feira (9). Apesar da idade avançada, é admirado pela torcida palmeirense, que encontrou em suas defesas a segurança que não via nos antecessores.

A experiência também concede ao goleiro uma capacidade de articulação maior que a da média de seus colegas de trabalho. Até por isso, Prass é um dos líderes do movimento Bom Senso, formado por diversos jogadores e ex-jogadores que pedem mudanças no futebol brasileiro, como alterações no calendário, implantação do chamado fair play financeiro e a democratização de entidades como a CBF.

Pelo Verdão, Prass conquistou a Série B de 2013 e teve papel de destaque na campanha do time na Libertadores do mesmo ano. Depois de ser um dos responsáveis por evitar novo rebaixamento em 2014, foi vice-campeão paulista em 2015. Mesmo com a decepção na final, o goleiro foi o grande herói da classificação alviverde nas semifinais ao defender as cobranças de Elias e Petros. Com o feito, foi comparado a Marcos, algoz do rival nas Libertadores de 1999 e 2000.

Para relembrar esses e outros momentos de Fernando Prass pelo Palmeiras, confira os vídeos abaixo.

Cobranças de pênalti contra o Corinthians

Coletânea de defesas de Fernando Prass