Heróis x vilões do Majestoso: Confira cinco momentos de personagens do clássico

  • Por Guilherme Semerene/Jovem Pan
  • 18/02/2015 12h19
MOntagem herois x viloes - dida

Nesta quarta-feira tem Corinthians e São Paulo, às 22h, na Arena Corinthians, pela primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Muitos são os grandes jogadores que marcaram seu nome no clássico. Entre Campeonatos Paulistas e Copas do Brasil, separamos cinco momentos de peças importantes que brilharam ou se saíram muito mal no Majestoso.

Dida x Raí
Pela semifinal do Brasileirão de 99, Dida deixou marcado seu nome no Majestoso. Ao pegar dois pênaltis de Raí, que havia sido herói em várias oportunidades contra o Corinthians, o camisa um classificou o Timão para a final e posteriormente levantou o terceiro brasileiro da equipe do Parque São Jorge

Rogério Ceni x Júlio Cesar
É verdade que o Corinthians é a equipe que mais marcou gols em Rogério Ceni, mas foi contra o Timão que o goleiro conquistou sua maior glória pessoal, o 100º gol. Pelo Paulistão de 2011, Rogério acertou um belo chute no ângulo de Júlio Cesar, que além de perder a partida, por 2 a 1, viu acabar uma invencibilidade de novos jogos no torneio estadual.

Gil
O atacante corintiano já foi comparado a Kaká e de fato contra o São Paulo jogou em alto nível. Gil eliminou o tricolor em duas oportunidades, na final do Rio-São Paulo de 2002 e da semifinal da Copa do Brasil, no mesmo ano.

Leônidas da Silva
Em 210 partidas pelo São Paulo, o Diamante Negro marcou 142 gols, entre 1936 e 1941. No maior público da história do Pacaembu, 72 mil pessoas, em um empate por 3 a 3, Leônidas marcou seu nome na história do clássico. De bicicleta, Leônidas fez um belo gol, que todos levantaram para aplaudi-lo.

Danilo
Dependendo da época, Danilo pode ser ao mesmo tempo para os dois lados, herói e vilão. Danilo já jogou 21 Majestosos, com 12 vitórias, sete empates e quatro derrotas. Pelo São Paulo, o meia marcou quatro gols. Pelo outro lado, o Corinthians, Danilo balançou as redes em cinco oportunidades.