Hudson diz que elenco do São Paulo está unido e entende as críticas da torcida

  • Por Jovem Pan
  • 13/03/2015 20h16
SÃO PAULO, SP, 13.03.2015: FUTEBOL-SÃO PAULO - Rodrigo Caio e Hudson na coletiva após treino - Treino do São Paulo realizado no CT da Barra Funda, nesta sexta-feira (13), na zona oeste de São Paulo (SP). (Foto: Carla Carniel/Frame /Folhapress)Rodrigo Caio e Hudson disseram compreender a insatisfação da torcida com o mau futebol

A vitória sobre o São Bento, na última quinta-feira (12), no primeiro jogo após nova derrota para o Corinthians, não aliviou a pressão que afeta o São Paulo. Pelo contrário: o futebol ruim e a falta de objetividade apresentados pela equipe causaram gritos irônicos de “olé” da torcida e mais questionamento em relação a Muricy Ramalho e seu controle sobre o elenco. Mas Hudson, em entrevista coletiva junto de Rodrigo Caio, garante que não é bem assim.

“Desde o ano passado nosso time está unido. Mesmo com a saída do Kaká, isso não mudou. Pelo contrário, só melhorou. Os que chegaram ajudaram e foram bem recebidos. Não tem problema de vaidade ou relacionamento”, garantiu o volante, que sofreu o pênalti convertido por Rogério Ceni diante do São Bento, único gol da partida.

O zagueiro Rodrigo Caio disse entender a insatisfação dos torcedores. “A torcida está triste pelas derrotas, mas vê que estamos lutando. Todos os dias acordamos cedo para trabalhar e sentimos as derrotas também. Temos que ter essa consciência de que fazemos nosso melhor sempre”, disse. Hudson, por sua vez, analisou os gritos de “olé” durante a partida: “Foi uma reação irônica, sim, mas mesmo assim não podemos deixar isso passar para dentro de campo”.

Apesar do momento complicado da equipe, Rodrigo Caio tem motivos para comemorar: ele está de volta após sete meses afastado por lesão. “Falei para minha mãe no telefone que fui relacionado e foi um momento de muita alegria. Acho que com o tanto que treinei de físico já consigo jogar duas partidas seguidas. Sei que preciso melhorar a confiança, a técnica, o ritmo”, comemorou.

O São Paulo terá uma partida difícil na busca para reencontrar o bom futebol. No sábado, às 16h, o Tricolor enfrenta a Ponte Preta em Campinas, em jogo válido pela décima rodada do Paulistão.