Hulk, Marcelo e Neymar brilham em coletivo de 5 gols

  • Por EFE
  • 01/06/2014 12h14
Neymar brincando com a bola no treino da Seleção Brasileira na Granja Comary, 1 de Junho de 2014. MÁRIO FARACHE/ MOWA PRESS Mowapress Neymar brilha em coletivo da Seleção Brasileira

A seleção brasileira realizou treino coletivo neste domingo que acabou vencido pelos titulares por 3 a 2 e marcado por belos gols, muita movimentação ofensiva e a ausência do volante Paulinho, que ficou menos de cinco minutos no campo, realizando trabalho físico à parte dos companheiros.

O técnico Luiz Felipe Scolari surpreendeu e escalou uma formação bastante ofensiva, com Hernanes no lugar do jogador do Tottenham. Assim, Luiz Gustavo ficou mais preso na marcação, com o meia da Inter de Milão e Neymar à frente, Oscar aberto pela direita, Hulk pela esquerda e Fred no comando de ataque.

Julio César, Daniel Alves, David Luiz, Dante e Marcelo completaram a equipe titular, que venceu a primeira metade do treino, que teve cerca de uma hora, por 3 a 0.

O placar foi aberto com belo gol de falta marcado por Neymar. O atacante do Barcelona cobrou da entrada da área e acertou o ângulo de Jefferson, que sequer se moveu. Depois disso, Felipão ainda pediu que a cobrança fosse repetida, colocando Oscar e David Luiz para aprimorar a batida na bola.

Aliás, a preocupação o capricho nos escanteios e faltas, para manter o jogo aéreo como arma, é constante para o técnico da seleção. Quase todos os lances de bola parada são repetidos ao menos uma vez durante a atividade.

O time reserva começou a atividade com Jefferson; Maicon, Thiago Silva – que será poupado do amistoso contra o Panamá -, Henrique e Maxwell; Ramires, Fernandinho e Anselmo Sbragia – preparador físico que cobriu a ausência de Paulinho -; Willian, Bernard e Jô. Diferente de ontem, a equipe não conseguiu agredir os titulares.

Logo depois da abertura de placar, Marcelo ampliou, depois de receber passe de Oscar. Em seguida, Hulk ficou perto de marcar após bela jogada de Neymar. Travado por Maxwell, o atacante do Zenit São Petersburgo finalizou por cima.

O terceiro saiu no fim do primeiro tempo, quando Hulk acertou belo chute, parando na defesa de Jefferson, que deu rebote, aproveitado por Oscar, que só rolou para o lateral esquerdo do Real Madrid marcar outra vez.

Na parte final do treino, Felipão, além de trocar Jefferson por Victor, colocou Maicon, Ramires e Bernard entre os titulares, pondo Daniel Alves, Oscar e Hulk no time reserva, que cresceu muito.

E o jogador do Zenit mostrou inspiração para marcar o gol mais bonito dos treinos realizados até aqui em Teresópolis. Após lançamento preciso de Willian, Hulk carregou a bola, invadiu a área e deu leve toque para encobrir Julio César.

Pouco depois, de novo com estilo, o time reserva ficou bem perto do segundo, quando Fernandinho finalizou de calcanhar de dentro da área, obrigando o goleiro do Toronto FC a fazer milagre e espalmar para escanteio.

No fim da atividade, para desespero de Felipão, Neymar perdeu bola na intermediária, Hulk puxou contra-ataque e acionou Willian, que tocou na saída de Julio César, finalizando o placar em 3 a 2.

Bem antes da movimentação, ainda quando quase todo o elenco se aquecia, Paulinho realizava atividade física específica no gramado. Menos de cinco minutos após iniciar o trabalho, o jogador retornou para a academia, onde se exercitou apenas.

A seleção brasileira realizou na manhã deste domingo o último treino da primeira semana de preparação para a Copa do Mundo. Às 20h30 (horário de Brasília) acontecerá a viagem para Goiânia, onde será disputado amistoso contra o Panamá, na terça-feira.