Ídolo austríaco do salto de esqui sofre queda e está em estado grave

  • Por Agencia EFE
  • 10/01/2014 17h05

Esquiador austríaco sofreu queda em estação de KulmEsquiador austríaco sofreu queda em estação de Kulm

O austríaco Thomas Morgenstern, ídolo do salto de esqui, se encontra em estado grave, mas sem risco de morrer, após ter sofrido nesta sexta-feira uma forte queda durante os treinamentos da especialidade na estação de Kulm (Áustria).

Morgenstern sofreu um traumatismo cranioencefálico e uma forte contusão no pulmão, mas sua vida não está em perigo depois que ele deu entrada no Hospital Universitário de Salzburgo, de acordo com informações da Federação Austríaca de Esqui.

O atleta de 27 anos sofreu a segunda queda grave em menos de um mês, após a ocorrida na segunda prova da Copa do Mundo de esqui nórdico disputada na cidade alemã de Titisee-Neustadt, em 13 de dezembro.

Morgenstern é dono de um dos melhores currículos da história do salto de esqui, com três medalhas olímpicas, todas elas de ouro, e 11 em Mundiais, oito recebidas no lugar mais alto do pódio.