Imprensa colombiana comemora histórica classificação às quartas

  • Por EFE
  • 28/06/2014 20h57
Reprodução/Facebook Imprensa colombiana exalta classificação histórica

A imprensa da Colômbia se uniu neste sábado às comemorações de todo o país pela vitória da seleção nacional por 2 a 0 sobre o Uruguai e sua consequente classificação inédita às quartas de final da Copa do Mundo.

“Maracanazo à colombiana”, cravou o jornal “El Colombiano”, o principal de Medellín, em alusão à vitória do Uruguai sobre o Brasil na final do Mundial de 1950 no mesmo estádio.

O jornal destacou a atuação de James Rodríguez, que marcou os dois gols da Colômbia, e lembrou que, com seus cinco já marcados, “se tornou o maior goleador do Mundial”, à frente de Neymar, Lionel Messi e Thomas Müller.

Outro jornal, o “El Tiempo”, foi exultante na capa de seu time: “Júbilo imortal!”, fazendo referência a uma estrofe do hino colombiano, e acrescentou: “Estamos nas quartas!”.

“Dois golaços de James nos deram uma vitória histórica. Agora, a comemorar em paz!”, disse a publicação em sua edição digital.

Com a vitória de hoje, a Colômbia se classificou pela primeira vez em sua história às quartas de final de uma Copa do Mundo, em sua quinta participação neste torneio. Até agora, apenas em 1990 tinha conseguido chegar às oitavas, fase em que perdeu para Camarões.

“Mordida histórica”, disse o “El País”, de Cali, que brincou com o ato do atacante uruguaio Luis Suárez contra o zagueiro italiano Giorgio Chiellini e lhe custou uma suspensão de nove partidas em torneios organizados pela Fifa, e de quatro meses em jogos por seu clube.

A maioria dos sites colombianos destacaram que a classificação foi “histórica”, como o “El Arauto” de Barranquilla ou a emissora “Blu Radio”.

A revista “Semana” optou pelo título “Colômbia escreve uma nova história no Mundial”, e a rádio “Caracol” lembrou que “a Cafetera” vai enfrentar o Brasil na próxima fase.