Insatisfeito, Guerrero lamenta chances desperdiçadas em empate com Botafogo

  • Por Jovem Pan
  • 02/06/2014 07h48
Guerrero pegou uma pipa que caiu no gramado durante a partidaCorinthians cede empate ao Botafogo em novo teste na Arena de Itaquera

Derrotado por 1 a 0 pelo Figueirense na abertura oficial do Itaquerão, o Corinthians teve nova oportunidade de triunfar em casa neste domingo, diante do Botafogo. Entretanto, o time comandado pelo treinador Mano Menezes empatou por 1 a 1 e manteve o jejum em seu novo estádio. Insatisfeito com o resultado, o centroavante Paolo Guerrero culpou o mau desempenho nas finalizações pela igualdade no placar.

“Teremos tempo para pensar e ver o que erramos. Foi assim também contra o Atlético-PR (1 a 1), quando tivemos chances para matar o jogo e não conseguimos fazer o gol. Criamos muitas oportunidades, o Botafogo deu muitos espaços. Precisamos pensar mais coletivamente, não importa quem fizer o gol”, afirmou o atleta peruano.

Apoiado por quase 40 mil torcedores presentes nas arquibancadas, a equipe paulista abriu o placar aos 24 minutos do primeiro tempo, quando o meio-campista Jadson fez boa jogada individual e, de perna esquerda, arrematou de fora da área. Já no final do embate, aos 41 minutos da etapa complementar, o lateral direito Edilson invadiu a área e chutou, acertando o zagueiro Cleber antes de empatar.

“Tivemos chances para matar o jogo com os lances que criamos. Quando o empate acontece dessa maneira, é claro que o resultado tem gosto de derrota. Poderíamos ter garantido o resultado. Quem não faz, leva”, encerrou o meio-campista Renato Augusto, dando sequência ao pensamento de Guerrero.

Com o empate obtido neste final de semana, o Corinthians segue na terceira colocação na tabela de classificação, com 16 pontos. Atual campeão, o Cruzeiro lidera o torneio, com 19 pontos, seguido pelo Fluminense, com 16 pontos. O time alvinegro volta a entrar em campo em 16 de julho, quando mede forças com Internacional.