Interino pede reforços para Palmeiras levantar títulos no ano do centenário

  • Por Jovem Pan
  • 31/05/2014 11h48

Técnico resslata força ofensiva do Verdão para duelo diante o VitóriaValentim elogia empenho de jogadores do Palmeiras

Se o Palmeiras quiser levantar um título no ano de seu centenário, vai precisar de dois ou três reforços. Essa é a opinião de Alberto Valentim, técnico interino do clube. Na visão dele, o elenco palmeirense precisará de mais nomes para suportar a intensa sequência de Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. Ele ainda disse ver a pausa do Brasileirão para a Copa como benéfica para Ricardo Gareca, técnico que assumirá o clube após a partida do próximo domingo (01) diante do Grêmio, em Caxias do Sul.

Jovem Pan Online transmite, minuto a minuto, todos os lances da partida entre Grêmio e Palmeiras. Para acompanhar, acesse o www.jovempan.com.br a partir das 16h.

Classificado para a terceira fase da Copa do Brasil para enfrentar o Avaí e na nona colocação do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras tem força para conquistar qualquer um desses títulos na opinião de Valentim. “O Palmeiras vai lutar na Copa do Brasil para chegar ao título e no Brasileiro, com a chegada de alguns jogadores para deixar o grupo mais forte, buscaremos posições importante, primeiro para ficar entre os quatro e, no final, por uma coisinha especial, analisou. 

Ele não escondeu a necessidade da chega de reforços, mas enfatizou que a maior razão para isso é o calendário repleto de compromissos. “Se chegarem dois ou três jogadores, serão importantes pela sequência que teremos. Se continuarmos na Copa do Brasil, não teremos folga até o término do Brasileiro, serão jogos de quarta e domingo. Vamos precisar de todos porque o desgaste será maior e o Ricardo com certeza fará substituições para preservar jogadores”, disse. 

Valentim ainda elogiou os nomes indicados por Gareca como possíveis reforços para o Verdão, os argentinos Fernando Tobio e Lucas Pratto. “São dois jogadores que o Ricardo conhece muito bem e cheguei a ver alguns jogos em que foram muito bem. Eles têm qualidade e, se vierem por indicação do Ricardo, o peso é maior porque ele os conhece a fundo”, afirmou. 

Depois de encarar o Grêmio fora de casa, os clubes brasileiros terão um mês para treinar devido à Copa do Mundo. Valentim valorizou essa oportunidade. “Será benéfica, principalmente porque estamos aguardando a chegada do novo treinador. Facilitará para que o Gareca conheça os jogadores e nós conheceremos a metodologia de trabalho dele. Teremos a parte física com o Néstor (Bonillo, preparador físico) também”, finalizou.