Irmãs gêmeas disputam maratona no Mundial de Atletismo

  • Por Agencia EFE
  • 30/08/2015 03h59

Pequim, 30 ago (EFE).- O público do Ninho de Pássaro se surpreendeu neste domingo ao ver chegar à meta da maratona duas atletas idênticas, as estonianas Liina e Lily Liège, gêmeas que na realidade ainda têm mais uma irmã, Leila, também maratonista, mas que não se classificou para Pequim.

Liina conseguiu chegar na 27ª posição, com um tempo de 2h39min42s, e ali ficou para abraçar sua irmã Lily, que foi 38ª com uma marca de 2h45min22s, enquanto Leila teve que se conformar em apenas ver suas irmãs da arquibancada.

Nascidas no dia 14 de outubro de 1985, as três chegaram a competir juntas em várias corridas de seu país e inclusive no Europeu de Zurique de 2014, onde Liina voltou a ser a melhor da família (29ª) enquanto Leila ocupou a posição 43 e Lily a 47.

Nada preocupadas em se diferenciar entre elas (frequentemente posam com o mesmo vestido, e costumam usar o mesmo penteado de tranças), as irmãs Liège se transformaram em um trio popular em seu país, e alguns brincam sugerindo que troquem de lugar na metade das corridas para conseguir melhores resultados.

Na meia maratona de Copenhague de março do ano passado, Leila e Liina chegaram juntas à meta, com um tempo de 1h14min18s.

Embora o caso das Liège seja quase único, não é tão raro o de irmãs gêmeas correndo em maratonas de alta competição.

Considera-se que as gêmeas que registraram um melhor tempo na história dos 42,195 quilômetros são as norte-coreanas Kim Hye-Gyong e Kim Hye-Song, na maratona de Pyongyang do ano passado.

Hye-Gyong+ ganhou essa corrida com um tempo de 2h27min05s, enquanto sua irmã foi prata com uma marca de 2h27min58s. EFE