Jacaré, Romero ou até Anderson Silva: quem será o próximo adversário de Vitor Belfort?

  • Por Daniel Keny/Jovem Pan
  • 09/11/2015 18h42

Belfort comemora nocaute sobre Dan Henderson

Vitor Belfort

Na madrugada deste domingo (08), Vitor Belfort nocauteou Dan Henderson pela segunda vez e encerrou a trilogia contra o norte-americano como vencedor. A vitória veio aos 2m07s do primeiro round, quando, após levar “Hendo” ao chão com um chute na cabeça, desferiu socos até o juiz Mario Yamasaki interromper o combate.

A vitória contundente mostra que, mesmo depois da derrota para Chris Weidman em sua segunda tentativa de ser campeão dos médios – em 2011 havia sido nocauteado por Anderson Silva –, Belfort ainda tem fôlego no UFC. Um novo desafio valendo o cinturão ainda não deve acontecer, mas seu próximo combate promete ser duro.

Veja quem pode enfrentar o “Fenômeno”:

Luke Rockhold

Valendo o cinturão, Rockhold enfrenta Weidman no dia 12 de dezembro, em Las Vegas, no UFC 194. Entretanto, suas provocações a Belfort, por quem já foi nocauteado uma vez, deixam acesas as possibilidades de um novo combate entre os dois. Na coletiva de imprensa após a vitória sobre Dan Henderson, o brasileiro não descartou a luta. “Tem um tal de (Luke) Rockhold que está falando muito. Garoto é bom, tem talento, mas estou de olho nele”, disse. Rockhold prontamente respondeu em seu Twitter: “assim como estou (de olho) nele”. Caso seja derrotado pelo campeão, a revanche contra Vitor pode acontecer.

 

Jacaré Souza

No mesmo UFC 194, o brasileiro Jacaré enfrenta o cubano Yoel Romero, em um duelo de invictos dentro da franquia. Deste combate provavelmente sai o próximo desafiante ao título de peso-médio, e o perdedor pode entrar na lista de Vitor como um teste final antes de um novo title shot. Antes da confirmação da luta com Romero, Jacaré havia sinalizado que aceitaria um combate com Belfort. Uma luta entre os brasileiros, portanto, poderia agradar ao chefão Dana White.

 

Yoel Romero

No início de 2015, quando Weidman lesionou as costelas e adiou a luta pelo cinturão, o cubano esteve na mira de Vitor. Na época, Joana Prado, esposa e empresária do ex-campeão, revelou uma negociação frustrada com Romero para uma luta que definiria o título-interino dos médios. A chance de enfrentar o cubano é a mesma de encarar Jacaré; o “Fenômeno” teria pela frente um rival igualmente perigoso.

 

Lyoto Machida

Quando Weidman se machucou e adiou o combate que valeria o título, Belfort recusou a disputa do cinturão interino dos pesos-médios contra Lyoto. Apesar disso, não existe uma forte rivalidade entre os dois, embora o choque de estilos dentro do octógono prometa um duelo dos mais interessantes. Após duas derrotas seguidas, para Luke Rockhold e Yoel Romero, e precisando de uma grande vitória, o carateca poderia encontrar em Belfort uma valiosa oportunidade para recuperar o prestígio.

 

Anderson Silva

Esta parece ser a última opção, pois Vitor se esquivou de uma resposta sobre enfrentar Anderson. Spider tem retorno previsto para abril de 2016, quando deve encarar Michael Bisping em sua primeira luta após ser pego no exame antidoping. Mesmo improvável no momento, uma revanche entre os dois atrairia a atenção do mundo inteiro para o UFC, assim como aconteceu na primeira luta. Para apimentar ainda mais o combate, estariam frente a frente os maiores nocauteadores da história do UFC – o “Fenômeno” alcançou seu 12º diante de Henderson, deixando justamente Anderson Silva para trás, com um a menos.