Jadson André elogia surfistas brasileiros: “podemos ser a maior potência do surf”

  • Por Jovem Pan
  • 28/05/2015 11h24
DIVULGAÇÃO/Blog Esportes Radikais Brasileiro Jadson André derrota norte-amrivano Kelly Slater na decisão do Mundial de Surfe

Os brasileiros são as novas sensações do surf. Além do título mundial de Gabriel Medina em 2014, Adriano de Souza e Filipe Toledo são os primeiros colocados do circuito atualmente, que ainda conta com mais cinco participantes da “brazilian storm”.

Veterano no circuito, o potiguar Jadson André, 25 anos, em entrevista à Rádio Jovem Pan destaca que o Brasil está no caminho para ser uma potência no esporte. “O Brasil está cada vez ficando mais forte. Acredito que se continuarmos nesse ritmo, focado e trabalhando forte, mostrando que não estamos aí só para brincadeiras, podemos ser a maior potência do surf mundial”.

Na próxima etapa do Mundial, que será realizada em Fiji, na Oceania, Jadson acredita que pode melhorar a 14ª posição que ocupa atualmente na classificação geral. “Um lugar que tem ondas que se encaixam no meu estilo de surf: esquerda, forte e tubular. Então, as expectativas são as melhores. Vou chegar lá bem cedo e terei tempo para me preparar”.

O surfista terá problemas logo de cara já que sua primeira bateria será contra Gabriel Medina. O duelo vai acontecer devido a uma mudança de chaveamento. O adversário anterior era nada mais nada menos que Kelly Slater, 11 vezes campeão do mundo. “Estamos preparados. Ele vai defender o título que ganhou lá no ano passado. Eu saí do Kelly Slater para o Gabriel, ou seja, não muda muita coisa não”, destacou Jadson.