Jobson recebe liberdade provisória após dois meses de prisão

  • Por Jovem Pan
  • 02/09/2016 15h48
Reprodução/Instagram Jobson é acusado de estuprar quatro garotas de menos de 15 anos

O ex-jogador do Botafogo, Jobson, recebeu liberdade provisória na última quarta-feira após permanecer 69 dias preso sob a acusação de ter estuprado quadro adolescentes no Pará. As informações são do Diário Lance.

A decisão do juiz Ricardo Cagliari inclui também que o jogador cumpra medidas cautelares, como o pagamento de uma fiança de R$ 22 mil e não poder beber, usar drogas e frequentar bares ou boates.

Além disso, Jobson não poderá sair da comarca onde mora sem autorização, manter contato com as vítimas, estar fora de casa entre 19h e 6h e terá que atender ao chamado judicial sempre que for chamado.

Caso o jogador desrespeite qualquer uma destas normas ele será novamente preso.

Jobson foi levado à prisão em junho pelas acusações de estupro de vulnerável, ameaça e fornecimento de materiais pornográficos e álcool a adolescentes.