Jogo entre Rússia e Montenegro é suspenso após várias confusões

  • Por Agência EFE
  • 27/03/2015 21h14
Goleiro Akinfeev é levado de maca para fora do campo após ser atingido por rojão

A partida entre Montenegro e Rússia, válida pelas Eliminatórias para a Eurocopa 2016, em Podgorica, foi suspensa nesta sexta-feira, aos 23 minutos do segundo tempo, após um desentendimento entre os jogadores das duas seleções que acabou se estendendo para as arquibancadas.

O jogo já tinha sido interrompido logo aos 30 segundos da etapa inicial, depois de o goleiro russo, Igor Akinfeev, ter sido atingido por um sinalizador lançado por um torcedor que estava atrás do gol.

Após o incidente, o árbitro alemão Deniz Aytekin mandou que as duas equipes fossem para o vestiário enquanto Akinfeev era atendido por médicos no gramado. O goleiro sofreu queimaduras no pescoço e precisou ser levado ao hospital.

Depois de mais de 30 minutos de espera, o jogo foi recomeçado, mas um novo tumulto atrasou o início do segundo tempo. Torcedores de Montenegro começaram a arrancar as cadeiras das arquibancadas e atirar contra a torcida russa.

Responsáveis da Uefa e das duas seleções se reuniram e decidiram dar sequência à partida apesar de todos os incidentes. No entanto, uma mensagem divulgada pelo sistema de alto-falantes do estádio alertou que se mais algum problema ocorresse o jogo seria definitivamente suspenso.

Aos 23 minutos do segundo tempo, o árbitro marcou um pênalti duvidoso contra os donos da casa, desperdiçado pelo meia Roman Shirokov. O erro foi seguido de uma nova confusão entre jogadores no campo, violência que se estendeu para as arquibancadas, onde os torcedores voltaram a jogar objetos no gramado.

A Uefa decidiu então encerrar a partida, que estava empatada em 0 a 0. Não foi divulgado se os minutos restantes serão jogados em novo confronto ou se a Rússia será declarada como vencedora.

A seleção russa, treinada pelo italiano Fabio Capello, teve as melhores chances nos momentos de bola rolando. No entanto, os atacantes da equipe desperdiçaram quatro oportunidades de gol no primeiro tempo.