Jornal: Atlético-PR usa dinheiro da Arena da Baixada para contratar atleta

  • Por Jovem Pan
  • 11/03/2014 13h44

Reforma na Arena da Baixada será concluída até o fim de março

Arena da Baixada

O Atlético-PR usuou dinheiro destinado à reforma da Arena da Baixada, estádio mais atrasado para a Copa do Mundo de 2014, para contratar um jogador para seu elenco, segundo informações do jornal Folha de S. Paulo. Segundo informações da publicação, A CAP S/A, empresa formada pelo clube para receber recursos específicos para a obra, transferiu 1,5 milhão ao Vitória-BA. A movimentação foi realizada no dia 26 de dezembro de 2013, segundo documento adquirido pelo diário.

A conta da CAP S/A recebeu 226 milhões de reais de dinheiro público, verba oriunda do BNDES e de empréstimo junto ao governo do Paraná. Além dessa quantia, o clube paranaense investiu 38 milhões de seus próprios recursos. Por isso, não há como saber se o valor destino a compra do atleta foi dinheiro público ou verba particular. Apesar disso, a quantia não poderia ter sido utilizada para aquisição do jogador.

Reginaldo Cordeiro, secretário da Copa em Curitiba, afirmou desconhecer a transação. “A CAP S/A é uma empresa de propósito específico: a reforma do estádio. Eu não sabia dessa movimentação, ela é estranha”, disse à publicação paulista.

Foi exatamente a falta de verbas que quase tirou a Arena da Baixada da Copa do Mundo de 2014. O estádio mais atrasado para o Mundial recebeu ameaça de exclusão por parte da Fifa. Para solucionar o problema, o governo do Paraná se dispôs a colaborar com mais 65 milhões de reais, via BNDES. 

O negócio, afinal, acabou não sendo concretizado por problemas entre o Atlético-PR e o Vitória e o jogador acabou se transferindo para o Flamengo. A conclusão das obras no estádio está prevista para o dia 30 de abril.