Jules Bianchi sai do coma induzido um mês e meio após acidente em Suzuka

  • Por Agência EFE
  • 19/11/2014 16h20

Tetracampeão mundial da categoria disse que o acidente de seu compatriota foi por falha da organização

Alain Prost diz que falha da organização causou acidente de Bianchi

Jules Bianchi saiu do coma informou nesta quarta-feira a famíla do piloto francês, cerca de um mês e meio após o grave acidente sofrido no Grande Prêmio do Japão, no circuito de Suzuka.

De acordo com comunicado divulgado pelos familiares de Bianchi, seu estado segue crítico. Além disso, a nota diz que o piloto da Marussia foi transferido para a UTI do Hospital Universitário de Nice, no sudeste francês.

O piloto de 25 anos foi retirado do coma induzido a que foi submetido logo após o acidente sofrido em 5 de outubro, quando seu carro colidiu com um guindaste que retirava a Sauber do alemão Adrian Sutil.

Bianchi, segundo as informações da família, segue inconsciente, mas respira sem ajuda de aparelhos e tem sinais vitais estáveis, por isso, já entrou na fase de recuperação de suas funções cerebrais.

Apesar das condições neurológicas do francês serem consideradas estáveis, a família decidiu fazer a transferência em um avião adaptado, depois de mais de um mês de internação no Hospital Geral de Mie, em Yokkaichi.

Na nota, a família de Bianchi aproveita para agradecer pelo tratamento recebido no Japão, por toda a equipe médica da unidade médica japonesa.