Justiça suspende venda de Playboy de suposto affair de Neymar na capa

  • Por Jovem Pan
  • 25/06/2014 21h40

Playboy com suposto affair de Neymar teve venda suspensa pela Justiça

Playboy com suposto affair de Neymar

A 3ª Vara Cível de São Paulo determinou, nesta quarta-feira (25), a suspensão imediata da edição e venda dos exemplares da revista Playboy do mês de junho de 2014. A decisão se deu depois de Neymar acionar a Justiça por conta da chamada de capa da publicação: “A Morena que Encantou Neymar”.

A decisão é de caráter imediato e, caso não seja cumprida, será aplicada uma multa diária no valor de R$ 10 mil.

De acordo com nota divulgada no site oficial do jogador do Barcelona, a editora “além de divulgar uma mentira sobre a vida pessoal do Neymar Jr, utilizou indevidamente o seu nome, ou seja, sem a autorização da NR Sports, empresa dos pais do atleta e única detentora dos direitos de exploração da imagem, nome e seus atributos”.

Além da suspensão da edição e da venda, a Editora Abril também foi obrigada e retirar das bancas todos os exemplares que estão disponíveis para venda.