Kaká agradece carinho da torcida em despedida do Morumbi: “Emocionante”

  • Por Jovem Pan
  • 01/12/2014 07h53

Camisa 8 revelou que diretoria tentou mantê-lo no clube até o fim da Liebrtadores de 2015

Kaká agradece carinho da torcida em despedida do Morumbi: "Emocionante"

Ídolo recente do São Paulo, o meia Kaká fez a sua despedida da torcida tricolor na tarde do último domingo, contra o Figueirense. O empate por 1 a 1 não tirou a animação da torcida quando aos 36 minutos do segundo tempo, o camisa 8 deu lugar ao atacante Alexandre Pato e foi ovacionado pelos são-paulinos presentes no Morumbi. Emocionado, o veterano de 32 anos agradeceu todo o carinho que recebeu em sua segunda passagem pelo clube que o revelou. “É emocionante sair daqui aplaudido deste jeito, uma emoção. Aqui é minha casa, aqui foi onde eu me tornei jogador”, disse.

Com o vice-campeonato brasileiro e a vaga direta para a Taça Libertadores garantidos, Kaká exaltou os torcedores que reconheceram todo o esforço feito por ele e pelos seus companheiros na última quarta-feira, quando a equipe perdeu nos pênaltis para o Atlético Nacional da Colômbia, após vitória no tempo normal.

“Foi emocionante mesmo os companheiros me cumprimentando, a torcida me aplaudindo. Está sendo uma semana toda especial. Fica a imagem de quarta-feira. Ser eliminado de uma competição internacional (na semifinal da Sul-Americana) e a torcida chamando o time de guerreiro. Não é hora de falar em volta. Mas o futuro a Deus pertence”, deixou no ar a possibilidade de retornar ao Morumbi quando for encerrar a carreira.

Contratado pelo Orlando City, dos Estados Unidos, após o fim da temporada com o Milan-ITA, o melhor jogador do mundo em 2007 revelou que a diretoria do São Paulo tentou prorrogar na semana o empréstimo até o fim de sua participação na Libertadores, ideia descartada pelo presidente do time norte-americano, o brasileiro Flavio Augusto da Silva.

“A semana em si tem sido muito emocionante. Conversamos muito para ver se tinha alguma possibilidade que eu ficasse. Foram dias de muita emoção. É difícil transmitir isso em palavras. O São Paulo fez uma última consulta, e o Flávio (dono do Orlando City) descartou. Se tivesse aval, eu ficaria mais seis meses sem pensar, com orgulho. Estou muito feliz com essa nova etapa na minha vida. Não me arrependo da escolha que fiz, vou acrescentar muito ao futebol americano e vou aprender bastante também”, explicou.

Kaká estreou oficialmente com a camisa do São Paulo em 2001, quando foi destaque na conquista da Copa Rio-São Paulo daquele ano. Em 2003, transferiu-se para o Milan, onde ganhou projeção mundial, conquistando a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes.

Em sua segunda passagem com a camisa são-paulina, o meia realizou até o último domingo, 24 partidas, marcando três gols. A sua despedida oficial acontecerá no dia 7 de dezembro, quando o Tricolor viaja para Recife, onde enfrentará o Sport, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.