Kardec acredita que São Paulo e Palmeiras será maior rivalidade do ano

  • Por Jovem Pan
  • 21/01/2015 13h56

Kardec ainda falou sobre provocações de Dudu ao Tricolor em sua apresentação no Verdão

Kardec acredita que São Paulo e Palmeiras será maior rivalidade do ano

São Paulo e Palmeiras vivem em pé de guerra nos bastidores desde que Alan Kardec acertou a sua transferência para o Tricolor, pouco antes do início da Copa do Mundo. Em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (21), o centroavante acredita que a rivalidade entre os clubes tem tudo para se tornar a maior do estado em 2015. Ele ainda respondeu as provocações de Dudu, que garantiu comemorar seus gols contra o clube do Morumbi e o Corinthians – clubes que estavam interessados em sua contratação – tirando um chapéu.

“Provocações são normais, mas acho que sim. Cada clássico tem sua história, mas dentro do que vem acontecendo do ano passado para cá, acho que pode ser criada uma grande rivalidade, principalmente nos bastidores, pelo que as pessoas falam do lado de fora”, afirmou o camisa 14.

Kardec opinou sobre a ida do ex-gremista ao Verdão e disse que a contratação será boa para o seu antigo clube. O artilheiro ressaltou que é importante saber diferenciar uma provocação sadia do que acontece em algumas oportunidades, quando há falta de respeito. O ex-palmeirense não entrou na pilha com a alfinetada de Dudu, que irá comemorar seus gols tirando um chapéu em alusão ao inesperado desfecho de sua chegada à Academia de Futebol, após quase fechar com o Tricolor e Timão.

“A contratação do Dudu foi boa para eles, mas é preciso ressaltar que temos um elenco de qualidade. Acabou chegando o Cafu e ficamos felizes com a sua chegada. Só precisa saber diferenciar provocação sadia do que acontece em algumas vezes. É preciso tomar cuidado. Se ele diz que vai tirar o chapéu do lado de lá, a gente também pode tirar do lado de cá “, rebateu.

Com a possibilidade de acontecer uma final da Copa São Paulo deste ano entre São Paulo e Palmeiras, Kardec garantiu que torcerá para os meninos do Morumbi.

“Ainda tem a final da Copinha. Torço para que o São Paulo chegue na final e conquiste o título, todos sabem o quanto é importante ganhar”, completou.