Kleina pede cautela ao time e divulga relacionados para duelo contra a Ponte

  • Por Jovem Pan
  • 14/03/2014 16h11

O técnico Gilson Kleina pediu respeito com a Ponte Preta e voltou a relacionar o zagueiro Wellington

Gilson Kleina em treino do Palmeiras

Antes da partida contra a Ponte Preta, que será disputada neste sábado (15), às 16h (de Brasília), o Palmeiras realizou seu último treinamento nesta sexta-feira pela manhã e, depois da atividade, o técnico Gilson Kleina divulgou a lista de relacionados para o duelo.

A grande novidade da lista é o retorno do zagueiro Wellington, que se recuperou de uma lesão no músculo da perna esquerda e, por conta do problema, ficou fora dos duelos contra Ituano, Botafogo-SP, São Bernardo, Portuguesa e Paulista, válidos pelo Campeonato Paulista, e também do embate contra o Vilhena, pela Copa do Brasil.

Os jovens Miguel e Rodolfo, ambos atacantes, novamente foram convocados por Gilson Kleina. Miguel, inclusive, marcou seu primeiro gol pela equipe profissional do Palmeiras na partida contra o Paulista, disputado em São José do Rio Preto.

Entre os desfalques estão o zagueiro Marcelo Oliveira, que foi expulso na última partida e cumpre suspensão, o volante Wesley, que está se recuperando de uma lesão na coxa, e o meia Marquinhos Gabriel e o atacante Diego, que estão passando por trabalhos de recondicionamento físico.

Antes do confronto contra a equipe campineira, o técnico Gilson Kleina fez questão de frisar que a Ponte Preta, sua ex-equipe, é perigosa, principalmente depois das mudanças pelas quais passou, e pediu que o Palmeiras respeite o adversário.

“Mudou bastante (a equipe), fizemos um trabalho lá no qual atingimos todos os objetivos. Claro que conhecemos alguns jogadores da época, mas a Ponte Preta se reconstruiu na competição. Com a chegada do Vadão, eles praticamente atingiram a classificação. Tem o nosso respeito, já faz alguns anos que eles estão chegando nas competições. Mudou muito lá, é um jogo que teremos de competir bastante”, projetou o comandante alviverde. “Pegaremos uma Ponte Preta que ficou a semana inteira treinando, terá força máxima. Esperaremos para ver a recuperação dos atletas. Sabemos que todos os jogos são importantes, queremos pontuar”, completou.

A lista de 20 jogadores relacionados para o jogo contra a Ponte Preta é formada por: Fernando Prass e Fábio (goleiros); Wendel, Juninho e William Matheus (laterais); Lúcio, Tiago Alves e Wellington (zagueiro); França, Eguren e Renato (volante); Valdivia, Mendieta, Patrick Vieira e Bruno César (meias); Alan Kardec, Vinicius, Leandro, Miguel e Rodolfo (atacantes).

O Palmeiras já assegurou a liderança do grupo D, com 32 pontos conquistados, e já está classificado para as quartas de final do Paulistão. Agora, o Palmeiras só briga com o Santos para ficar com a melhor campanha da primeira fase do estadual e, assim, ter o direito de disputar todos os jogos da fase decisiva do torneio em casa.