“À la Deivid”: veja incríveis gols perdidos por jogadores que “imitaram” o atacante

  • Por Jovem Pan
  • 21/10/2015 23h04
RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 22-02-2012: Futebol - Campeonato Carioca, 2012: Vasco x Flamengo: O jogador Deivid, do Flamengo, lamenta gol perdido durante jogo entre Vasco e Flamengo, válido pela semifinal da Taça Guanabara do Campeonato Carioca 2012, realizado no estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro. (Foto: Rudy Trindade/Frame/Folhapress)Deivid lamenta gol incrível perdido contra o Vasco

O atacante Deivid jogou em grandes times, como Santos, Corinthians, Cruzeiro e Fenerbahçe, e conquistou diversos títulos importantes, como Campeonato Brasileiros, Copa do Brasil, Campeonato Turco e estaduais pelo Brasil. No entanto, ele ficou marcado não só pelos muitos gols que marcou, mas também por aqueles que perdeu de maneira inacreditável, especialmente em sua passagem pelo Flamengo entre 2010 e 2012, como este abaixo.

Nesta quinta-feira (22), Deivid complete 35 anos de idade. Já aposentado dos gramados, ele agora e auxiliar-técnico no Cruzeiro e estuda para ser treinador profissional, cargo que já exerceu este ano de forma interina quando Vanderlei Luxemburgo foi demitido pelo time mineiro.

Em “homenagem” ao ex-atacante, o Jovem Pan Online relembra outros casos de gols perdidos do mesmo nível. É bom até para lembrar que não é só Deivid quem perde gols “à la Deivid”.

André Lima perde gol e deixa Lúcio desnorteado

Quando Lúcio recebeu lançamento de Fábio Rochemback e deixou André Lima na cara do gol, em partida do Grêmio contra Liverpool-URU pela Libertadores de 2011, já saiu comemorando. No entanto, o atacante conseguiu perder o gol feito. Lúcio, a princípio, achou que a arbitragem tinha marcado impedimento, e demorou a entender que o companheiro havia desperdiçado aquela chance.

Dagoberto manda a bola para a lua

Diferentemente de outros gols perdidos, este de Dagoberto, não se destaca pela facilidade de marcar gol que a situação oferecia. O principal é a forma como ele isolou a bola, que foi às alturas. Sorte dele que não fez muita diferença, pois o Santos já vencia o São Paulo por 3 a 0.

Robinho erra e leva companheiro à loucura

Que Robinho é craque, poucos discordam. No entanto, os craques não escapam dos gols perdidos de forma inacreditável. O atacante, quando estava no Milan, recebeu passe quase debaixo do travessão e conseguiu mandar por cima. Aquilani, que lhe deu o passe, foi à loucura com o erro do ex-santista.

Herrera domina, prepara, mirra e erra

Os gols perdidos acontecem com mais frequência em cruzamentos com a bola pingando, onde o atacante consegue uma desculpa para seu “feito”. Não foi o caso de Herrera, que teve a chance de diminuir a desvantagem do Vasco na goleada sofrida para o Palmeiras no Brasileirão de 2015 e fez isso que pode ser visto abaixo.

Bola fora de Leandro Damião

Outro caso recente. Leandro Damião teve tudo para marcar contra o Fluminense no Campeonato Brasileiro, mas, mesmo sem goleiro, conseguiu finalizer para fora. Sorte dele que Willian fez melhor, marcou dois gols e garantiu a vitória do Cruzeiro.

Chutão, lambança do goleiro e um incrível gol perdido

Neste lance, no Campeonato Japonês, tudo é inacreditável: o modo como o jogador sai na cara do gol após um chutão, o jeito como o goleiro se enrola com a bola e a finalização equivocada para fora.

O gol mais perdido da história?

Para fechar a lista, o lance que pode ser considerado o gol mais perdido da história do futebol. Em partida contra o Uzbequistão, Khalfan Fahad, atacante do Qatar, aproveitou a lambança do goleiro adversário para sair na cara do gol. No entanto, quase literalmente debaixo do travessão, ele conseguiu acertar a trave.