Léo Baptistão quer Betis aguerrido para evitar queda: “é preciso dar a vida”

  • Por Agencia EFE
  • 18/02/2014 19h43

Sevilha, 18 fev (EFE).- O atacante brasileiro Léo Baptistão, do Betis, lanterna do Campeonato Espanhol, afirmou nesta terça-feira que, apesar de estar a dez pontos do Málaga – primeiro time fora da zona de rebaixamento -, sua equipe deve “dar a vida e continuar lutando” para se salvar da queda para a segunda divisão.

Baptistão, que participou hoje de um encontro do clube com estudantes, disse que, nos dois últimos jogos, o Betis não ganhou, mas foi o melhor. Apesar disso, ele ressaltou que “é preciso deixar de só jogar bem e passar a vencer as partidas”.

O brasileiro chegou ao Betis no início de janeiro, emprestado pelo Atlético de Madrid, com o time já na lanterna da competição. Mesmo assim, o atacante sente “a mesma responsabilidade que os outros companheiros” e afirmou que “os jogadores precisam aguentar os protestos da torcida”. Ele ainda definiu sua passagem pelo clube da cidade de Sevilha como “uma experiência com a qual está aprendendo muito”.

Sobre o jogo de ida pela segunda fase da Liga Europa contra o Rubin Kazan, da Rússia, marcado para esta quinta-feira no estádio Sánchez Pizjuan, Baptistão disse que “será um jogo difícil, mas o Betis não vai entrar para perder”.

“Afinal, ganhar sempre dá confiança ao time, e é importante manter a boa imagem que o clube tem na Europa”, frisou. EFE