Léo de Deus reclama de horário de provas após eliminação nos 200m costas

  • Por Agencia EFE
  • 11/08/2016 08h48
O brasileiro Leo de Deus não conseguiu um bom tempo e ficou fora da final dos 200m costas

Léo de Deus reclamou nesta quarta-feira (10) dos horários das provas da natação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, que atendem pedido da televisão dos Estados Unidos e faz com que os atletas caiam na água mais tarde do que costumam atuar regularmente.

“Eu sinto um pouquinho de tristeza pelo horário que a gente tá competindo. Eu acho que isso prejudicou os atletas que treinam no Brasil”, lamentou o atleta do Corinthians, que disputou as semifinais dos 200 metros costas a partir de 22h28 (horário de Brasília).

Apesar da queixa, o brasileiro avaliou positivamente a participação nos Jogos do Rio de Janeiro, depois de terminar na 13ª posição na prova, e também nos 200 metros borboleta da natação.

“A gente tá aqui para se superar, independente de qualquer adversidade. A gente está aqui para fazer nosso melhor. Eu fico bem satisfeito. Era tudo o que eu tinha. Missão cumprida”, disse Léo de Deus.

Na primeira bateria das semifinais, o brasileiro fez o tempo de 1min57s67, abaixo dos 1min57s00 feito na eliminatória, que representou o novo recorde brasileiro da prova.