‘Letal’, Corinthians aproveita chances e bate São Paulo em estreia na Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 18/02/2015 23h57

Jadson marcou o segundo gol do Corinthians e selou o triunfo alvinegro sobre o São Paulo

Jadson e companheiros comemoram gol contra o São Paulo

O primeiro clássico entre Corinthians e São Paulo da história da Copa Libertadores da América foi quente. Jogadas firmes e um duelo bem disputado marcaram o embate na Arena Corinthians. E, atuando em casa, o alvinegro de Parque São Jorge aproveitou suas poucas chances e a vantagem de jogar ao lado de sua torcida e derrotou o Tricolor pelo placar de 2 a 0. Os gols do importante triunfo corintiano, que dá ao time um belo início de campanha na fase de grupos, foram marcados por Elias e Jadson.

O Corinthians começou assustando desde o primeiro minuto e a primeira grande oportunidade alvinegra veio com Jadson e Fabio Santos. O meia invadiu a área e chutou rasteiro e, no rebote, o lateral finalizou, mas mandou por cima da meta defendida por Rogério Ceni.

O Timão não demorou a tirar o zero do marcador. Aos dez minutos, Danilo tocou para Jadson e o camisa 10 deu um lançamento perfeito para Elias, que finalizou de primeira e acertou o canto esquerdo de Ceni para fazer 1 a 0. Torcida explodiu de alegria em Itaquera.

Três minutos depois do gol, o mesmo Jadson cobrou falta na área e Gil desviou com o pé, mas mandou o arremate por cima.

Depois de boa parte da primeira metade do primeiro tempo ser de completo domínio corintiano, o São Paulo equilibrou um pouco a partida, mas não conseguiu criar grandes chances de empate. O Corinthians caiu bastante de produção e deixou o Tricolor crescer, mas não tomou sustos e foi para os vestiários com vantagem mínima.

No segundo tempo, o jogo começou bem truncado e esquentou quando, aos nove minutos, Denilson foi advertido com o cartão amarelo por ter acertado Elias com o braço. Os jogadores corintianos ficaram pedindo a expulsão, mas o árbitro preferiu somente dar o amarelo ao meio-campista são-paulino.

O São Paulo continuou sofrendo com a falta de criatividades na primeira metade do segundo tempo e nada assustou o rival.

Com 21 minutos, o Corinthians chegou bem, quando Renato Augusto recebeu lançamento na área, girou e ajeitou para Fabio Santos, que finalizou, mas Rogério Ceni agarrou sem muitas dificuldades.

Um minuto após a chance corintiana, os donos da casa ampliaram a vantagem. Em jogada de contra-ataque, Emerson Sheik saiu em velocidade e tocou para Jadson, na direita. O meia invadiu a área, cortou Reinaldo e bateu de canhota. Rogério Ceni tocou na bola, mas não evitou o gol. Corinthians abriu 2 a 0, mas lance gerou muita reclamação por parte do São Paulo, já que no início da jogada do gol, Emerson empurrou Bruno, mas o árbitro não marcou nada.

Depois do segundo gol corintiano, Paulo Henrique Ganso tomou amarelo por reclamação do lance e Maicon saiu para ceder lugar a Thiago Mendes. Pouco depois, Luis Fabiano também foi advertido por reclamar com o árbitro.

Na reta final de partida, o Corinthians tocou bem a bola e administrou a vantagem para confirmar o tranquilo triunfo em casa. O Timão ainda conseguiu assustar com Renato Augusto e Danilo, aos 40 minutos, e novamente com Danilo, aos 48, mas o placar não foi mais alterado.

Com o resultado, o Corinthians larga bem na fase de grupos da Libertadores e soma seus primeiros três pontos, enquanto que o São Paulo segue zerado. Nesta quinta (19), às 20h45 (de Brasília), Danubio e San Lorenzo, que se enfrentam no Uruguai, fecham a primeira rodada do Grupo 2.

Na segunda rodada da chave, o São Paulo recebe o Danubio, do Uruguai, no Morumbi, em jogo que será realizado no dia 25 de fevereiro, às 22h. Já o Corinthians volta a entrar em campo pelo torneio continental no dia 4 de março, às 22h, quando mede forças com o San Lorenzo, da Argentina, no estádio Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires (ARG).