Liga Europa: Napoli, Fiorentina, Dnipro e Sevilla são os semifinalistas; veja galeria de fotos

  • Por Jovem Pan com Agência EFE
  • 23/04/2015 19h34
Veja imagens dos jogos de volta das quartas de final da Liga Europa

Assim como a Liga dos Campeões, a Liga Europa também teve seus semifinalistas decididos nesta semana, mais especificamente nesta quinta-feira (23). Os oito times se enfrentaram nas partidas de volta das quartas de final, e sobraram dois italianos, um ucraniano e um espanhol. Napoli, Fiorentina, Dnipro e Sevilla duelarão pelas vagas na decisão.

Napoli 2 x 2 Wolfsburg. Com situação mais que confortável após golear o Wolfsburg na Alemanha por 4 a 1, o Napoli carimbou a classificação com um empate em 2 a 2. Apesar disso, os primeiros 45 minutos foram de retranca dos anfitriões. Logo no início do segundo tempo, porém, o time italiano, com o meia-atacante José Callejón, abriu o marcador. Aos 20, o belga Dries Mertens ampliou. O zagueiro suíço Timm Klose descontou aos 26 e o atacante croata Perisic empatou no minuto seguinte.

A equipe italiana só não poderia perder por quatro gols de diferença ou por placares como 5 a 2, 6 a 3, e assim por diante, e com o novo resultado positivo segue viva na luta por conquistar seu segundo título continental, depois de levantar a taça da Copa da Uefa em 1988/1989.

Fiorentina 2 x 0 Dínamo de Kiev. A Viola, por sua vez, não tinha uma vantagem tão grande, mas o empate por 1 a 1 na Ucrânia lhe dava a possibilidade de se classificar com uma vitória simples sobre o Dínamo na Itália. O objetivo ficou mais próximo aos 40 minutos do primeiro tempo, quando Lens recebeu o segundo cartão amarelo, por simulação, e foi expulso.

Com a vantagem numérica, a Fiorentina não demorou a marcar. Dois minutos depois de Lens deixar o gramado, Joaquín desceu pela esquerda e chutou cruzado, o centroavante Mario Gómez “tropeçou” na bola dentro da área e tirou do goleiro Shovkovskiy. Aos 48 minutos do segundo tempo, Vargas definiu o placar com um potente chute cruzado.

Dnipro 1 x 0 Club Brugge. Estava difícil sair gol na disputa entre o time ucraniano e o belga. A primeira partida acabou em 0 a 0 e, na volta o mesmo placar imperava até os 37 minutos do segundo tempo. Foi quando o meia Yevhen Shakhov enfim balançou a rede e definiu uma das eliminatórias mais equilibradas da reta final das competições organizadas pela Uefa.

Até este duelo, o Club Brugge era o único time invicto na Liga Europa. Sua única derrota, porém, foi o bastante para eliminá-lo da competição.

Zenit 2 x 2 Sevilla. Depois de vencer na Espanha por 2 a 1 e abrir o placar na Rússia com Bacca, de pênalti, o Sevilla parecia estar com a classificação para a sefiminal garantida. Entretanto, o Zenit foi bravo e empatou logo aos dois minutos do segundo tempo, com o venezuelano Rondón, que aproveitou uma falha do goleiro Beto.

Hulk colocou os donos da casa em vantagem com um golaço. Quase na lateral direita, o brasileiro dominou a bola, percebeu o goleiro adiantado e mandou um lindo chute de cobertura. O tento só não foi decisivo porque Gameiro empatou em jogada de contra-ataque e levou o Sevilla a mais uma semifinal de Liga Europa.