Löw chama 3 medalhistas olímpicos para Alemanha e lamenta adeus de Schweinsteiger

  • Por Estadão Conteúdo
  • 26/08/2016 12h53

Julian Brandt conquistou a medalha de prata com a seleção alemã no Rio 2016

Julian Brandt conquistou a medalha de prata com a seleção alemã no Rio 2016

O técnico Joachim Löw divulgou nesta sexta-feira a lista de convocados da seleção alemã para o amistoso com a Finlândia, na próxima quarta-feira, e para enfrentar a Noruega, dia 4 de setembro, fora de casa, na estreia das Eliminatórias Europeias da Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

E a principal novidade da lista ficou por conta da presença do defensor Niklas Sule, do Hoffenheim, que ganhou a prata olímpica e foi convocado pela primeira vez à seleção principal. Os meio-campistas Julian Brandt, do Bayer Leverkusen, e Max Meyer, do Schalke 04, também disputaram o Rio-2016 e estão convocados.

A lista traz ainda alguns jogadores renomados, como Manuel Neuer, Mats Hummels, Sami Khedira, Toni Kroos, Thomas Müller, Mesut Özil e Mario Götze. A mescla entre juventude e experiência, aliás, é uma das apostas de Löw para defender o título de campeão mundial em 2018.

“O que pretendemos para os próximos dois anos é construir um time que seja capaz de defender o título na Rússia”, comentou o treinador nesta sexta-feira. “Temos atletas experientes no grupo, que darão suporte para o time e assumirão a responsabilidade. Mas, ao mesmo tempo, queremos dar espaço para os jovens jogadores mostrarem o que podem fazer”, completou.

Como já havia sido antecipado, a convocação traz o nome de Bastian Schweinsteiger, que anunciou sua aposentadoria da seleção e fará sua partida de despedida contra a Finlândia. “Sem Bastian, perderemos nosso capitão e um dos pilares do time”, lamentou o técnico. 

A Alemanha está no Grupo C das Eliminatórias e disputará vaga na Copa de 2018 com República Checa, Irlanda do Norte, Noruega, Azerbaijão e San Marino. 

Confira a lista de convocados da Alemanha:

Goleiros – Bernd Leno (Bayer Leverkusen), Manuel Neuer (Bayern de Munique) e Marc-Andre ter Stegen (Barcelona). 

Defensores – Emre Can (Liverpool), Jonas Hector (Colônia), Benedikt Hoewedes (Schalke 04), Mats Hummels (Bayern de Munique), Joshua Kimmich (Bayern de Munique), Shkodran Mustafi (Valencia), Niklas Sule (Hoffenheim) e Jonathan Tah (Bayer Leverkusen). 

Meio-campistas – Karim Bellarabi (Bayer Leverkusen), Julian Brandt (Bayer Leverkusen), Julian Draxler (Wolfsburg), Sami Khedira (Juventus), Toni Kroos (Real Madrid), Max Meyer (Schalke), Mesut Özil (Arsenal), Bastian Schweinsteiger (Manchester United) e Julian Weigl (Borussia Dortmund). 

Atacantes – Mario Götze (Borussia Dortmund), Kevin Volland (Bayer Leverkusen), Thomas Müller (Bayern de Munique) e Andre Schürrle (Borussia Dortmund).