Lucão se redime, faz gol ‘certo’ e São Paulo derrota o Grêmio por 1 a 0

  • Por Jovem Pan
  • 24/05/2014 22h57

Lucão marcou golLucão

No meio da semana, o São Paulo deu vexame e perdeu para o Fluminense por 5 a 2. Assim, a equipe entrou pressionada em campo na noite deste sábado (24), mas atuando em casa, no Morumbi, o tricolor paulista não fez uma partida inspirada, mas conseguiu derrotar o Grêmio por 1 a 0.

O único gol do São Paulo foi marcado aos 15 minutos do segundo tempo, quando Ganso cobrou falta na área e, Lucão, de cabeça, desviou para abrir o placar e assegurou a vitória. O jovem zagueiro, que havia marcado gol contra na derrota para o Fluminense por 5 a 2, na rodada passada, se redimiu e, desta vez, acertou a rede certa.

Com o resultado positivo, o São Paulo se reabilita no Campeonato Brasileiro, chega aos 12 pontos e dorme perto do G-4. Já o Grêmio, que vinha de três vitória consecutivas, vê sua série ser quebrada, perde a segunda no torneio e estaciona nos 13 pontos.

O primeiro tempo começou com o Grêmio tomando a iniciativa, mas os primeiros minutos não tiveram chances claras de gol. O primeiro lance de maior perigo foi do São Paulo, aos 13 minutos, quando após boa troca de passes, Luis Fabiano invadiu a área pela direita, bateu para o gol, mas viu Marcelo Grohe fazer a defesa sem problemas.

Três minutos mais tarde, o Tricolor do Morumbi teve mais uma boa oportunidade. Maicon fez jogada individual, foi fazendo fila, fez tabela com Ganso e finalizou, mas Grohe saiu do gol para impedir que o time da casa abrisse o placar.

Aos 20 minutos, Barcos foi o responsável pela primeira grande chance de gol do Grêmio. O argentino foi lançado, chegou pela esquerda e finalizou buscando o canto do gol de Rogério Ceni, mas mandou para fora.

O Grêmio assustou a torcida são-paulina aos 31, quando a bola foi lançada na área, Rogério Ceni espalmou com dificuldades e, na sobra, Werley finalizou, mas mandou o chute para fora. O tricolor paulista deu rápida resposta e, aos 33, após cobrança de escanteio, Antonio Carlos cabeceou, mas Marcelo Grohe espalmou no reflexo. Na sobra, ninguém apareceu para finalizar a bola que ficou viva na área.

Apesar de alguns lances que poderiam ter resultado em gol, a etapa inicial de jogo terminou com o placar inalterado.

Os primeiros minutos do segundo tempo foram como o início do primeiro tempo, com muita movimentação e poucas chances de gol. O Grêmio até tomava mais a iniciativa, mas não conseguia levar perigo à meta de Ceni.

Depois de muitos erros de passe e escassas finalizações, o São Paulo conseguiu abrir o placar em jogada de bola parada, aos 15 minutos. Ganso cruzou bola na área, em falta da intermediária, e Lucão desviou de cabeça para abrir o placar. Marcelo Grohe até pulou, mas não conseguiu evitar o gol são-paulino.

O Grêmio, após tomar o gol, se lançou ao ataque para tentar buscar o empate. Aos 28 minutos, Zé Roberto, que havia entrado há pouco tempo, finalizou da meia-lua e quase complicou a vida de Rogério Ceni.

Apesar do lance de perigo gremista, o São Paulo soube administrar bem a vantagem nos minutos finais e confirmou o triunfo em casa, não sem antes tomar um susto aos 48 minutos, quando Barcos invadiu a área e, cara a cara com Rogério Ceni, finalizou para fora.

O São Paulo volta a entrar em campo na quarta-feira (28), às 22h (de Brasília), quando enfrenta o Atlético-PR, no Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG). Mais cedo, às 19h30, o Grêmio joga fora de casa contra o Sport, na Ilha do Retiro.