Lucas diz que será torcedor na decisão e passa confiança para substituto

  • Por Jovem Pan
  • 27/11/2015 19h07
SÃO PAULO, SP - 27.11.2015: TREINO DO PALMEIRAS - O jogador Lucas, da SE Palmeiras, concede entrevista coletiva antes do treinamento, na Academia de Futebol, no bairro da Barra Funda. (Foto: Cesar Greco / Fotoarena)Lucas lembrou de provocação de Lucas Lima no lance que lhe rendeu expulsa no jogo de ida

Um dos principais jogadores do Palmeiras na temporada, o lateral-direito Lucas está fora do jogo de volta da Copa do Brasil, no Allianz Parque, no dia 2 de dezembro. Pendurado na ida, ele levou um cartão amarelo que o deixou suspenso, mas ainda levou o vermelho nos últimos minutos após chutar a bola em Lucas Lima com o jogo parado. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (27), ele lembrou que também houve provocação por parte do santista.

“ O Lucas Lima deixou o braço no meu rosto, se eu quisesse tirar ele da final teria ido para cima dele (o adversário também estava pendurado). A bola vem na minha direção e eu chuto ela, fiquei muito nervoso com a situação e com o movimento que ele fez. Em nenhum momento tive a intenção de tirar ele da final. A provocação veio primeiro dele”, disse o lateral. Por conta da ausência na decisão, Lucas será um torcedor pelo seu clube.

“Vai ser difícil não estar nesse jogo. Vou cantar, vibrar, ajudar da melhor forma possível, acho que só na hora vou sentir esse clima de não poder fazer nada dentro de campo. Meu coração estará lá dentro. Eu escuto noticiários, a torcida está com a gente, está confiante. É dessa forma. Serei mais um torcedor. Vou passar todo o meu apoio”, prometeu. O jogador contou também que passou confiança para João Pedro, seu provável substituto, que tem falhado defensivamente nos últimos jogos que fez.

“Assim que acabou o jogo eu dei abraço nele (João Pedro) e falei que chegou sua hora, falei que ele vai arrebentar nesse jogo. Eu falo isso porque ele já viveu todas as situações que ele viveu. Ele já passou por situações piores no Palmeiras, subiu jovem e fez o que fez. Ele tem uma qualidade incrível, vai entrar e arrebentar”, revelou Lucas. Por fim, ele disse acreditar que o Verdão terá postura diferente jogando em casa.

 “Será diferente. A nossa postura na Vila era defender e sair no contra-ataque. Defensivamente fomos bem, só faltou um pouco mais de tranquilidade. Controlar a bola para encaixar o contra-ataque. Era uma proposta nossa… Está em aberto (o título)”, concluiu.