Maioria dos paulistas acredita que futebol é manipulado fora de campo, diz pesquisa

  • Por Jovem Pan
  • 22/12/2015 18h20
SÃO PAULO, SP, 22.04.2015: LIBERTADORES/SÃO PAULO-CORINTHIANS - Luis Fabiano e Felipe - Partida entre São Paulo x Corinthians, pela 6 ª rodada da fase de grupos da Taça Libertadores da América, no Estádio Cícero Pompeu de Toledo (Morumbi), nesta quarta-feira (22), em São Paulo. (Foto: Ricardo Nogueira/Folhapress)São Paulo derrota o Corinthians no Morumbi; veja imagens

O futebol é uma paixão, mas não conta com muita credibilidade entre os habitantes do estado de São Paulo. Pelo menos é o que aponta uma pesquisa realizada pelo Instituto Paraná entre 17 e 20 de dezembro: segundo ela, mais da metade dos paulistas não confiam na “espontaneidade” dos resultados das partidas.

A pesquisa, feita com 1040 pessoas, mostrou que 65,6% dos respondentes acreditam que os jogos de futebol não são definidos dentro de campo. Os que pensam o contrário são apenas 28,7%, enquanto 5,7% não souberam ou não quiseram responder.

Além disso, a maior parte dessas pessoas não esperam mudanças na gestão do futebol brasileiro: 67,7% se mostraram céticos. Entre as que acreditam em mudanças, 44% pensam que são necessárias mudanças tanto na CBF quanto nos clubes.

Outro dado preocupante para os gestores do futebol é que 41,2% dos entrevistados disseram gostar menos de futebol hoje do que há três anos. Apenas 7,7% gostam mais, enquanto 48,1% gostam da mesma forma.