Malcom comemora vinda de Lincom e enaltece amizade do grupo alvinegro

  • Por Lancepress
  • 14/09/2015 17h49
Malcom acredita que a concentração e o foco serão o diferencial para o título

Malcom perdeu a vaga na equipe de Tite, mas a lesão de Rildo com apenas dois minutos diante do Joinville devolveu a titularidade ao jovem. E o camisa 21 soube aproveitar, ao fazer o primeiro gol, participar do segundo e desempenhar um bom futebol na Arena Corinthians. Na manhã desta segunda-feira, o jovem foi escolhido para conceder entrevista coletiva no CT Joaquim Grava. E, entre outros assuntos, falou sobre a iminente chegada de Lincom do Bragantino.

“A gente precisa, sim, de um outro centroavante para quando o Love estiver cansado, sempre será importante essa ajuda”, afirmou.

O atacante, titular absoluto da equipe após a lesão de Rildo, que vai parar por cerca de dois meses, enalteceu a postura dos seus companheiros dentro das quatro linhas. Na sua visão, a amizade demonstrada pelos jogadores é um dos segredos para o sucesso do líder do Campeonato Brasileiro.

“O professor sempre fala em desempenho, a gente não quer saber do resultado, a gente pensa em jogar bem. Pensamos no grupo, no amigo que estiver bem posicionado, ele estiver bem posicionado vai nos deixar feliz também”, lembrou.

Questionado se lembrava da última derrota da equipe, que não perde há 17 jogos, o atacante respondeu que “não” – foi contra o Santos, na Vila Belmiro. Malcom também evitou falar em título antecipado.

“Não vou falar que estamos prontos (para ser campeão), mas se fizermos nossa parte estaremos sendo coroados. A gente está muito focado, concentrado. Está dando tudo certo, esperamos estar sempre muito focado, estamos querendo sempre ficar assim em todas as partidas”, lembrou Malcom, que negou que o problema extracampo com a carteira de habilitação tenha influenciado seu desempenho dentro das quatro linhas.

“Aquilo (problema com a habilitação) não me atrapalhou em nada, o momento era do Rildo. Eu o respeitei, ele merecia ser titular. A disputa é saudável. Vai jogar sempre quem estiver melhor com o Tite”, finalizou.