Malcom vence apertos na França: “quem jogou no Corinthians supera tudo”

  • Por Jovem Pan
  • 18/08/2016 16h39

Campeão brasileiro com o CorinthiansCampeão brasileiro com o Corinthians

Campeão brasileiro em 2015, Malcom foi um dos vários titulares corintianos que deixaram o clube no início da temporada. Depois de atuações convincentes e participação efetiva em uma das melhores campanhas da história dos pontos corridos no Brasil, o jovem de 19 anos optou por se arriscar no futebol europeu. E, como já era imaginado, sofreu muito até se adaptar ao novo país. 

No Bordeaux, da França, há apenas oito meses, Malcom concedeu entrevista exclusiva a André Ranieri que vai ao ar no próximo fim de semana, na Rádio Jovem Pan, e contou que só agora pode se considerar 100% ajustado ao futebol da Europa. O idioma e as particularidades do jogo francês lhe provocaram algumas dificuldades por quase um semestre. Tudo, no entanto, já foi superado. 

No começo foi difícil para mim, porque o pessoal falava, e eu não entendia nada. Mas fui evoluindo e, agora,  consigo falar um pouco de francês e me comunicar mais“, revelou Malcom, que também teve de aprimorar alguns elementos de jogo para conseguir atuar em alto nível na França. “Eles jogam mais na força, na velocidade, e eu tive de me adaptar a isso. Tive de ganhar mais massa para jogar bemacrescentou. 

As dificuldades tiraram Malcom da zona de conforto, é verdade, mas não a ponto de fazê-lo colocar em xeque a permanência na França. Segundo o atacante, os anos de Corinthians lhe deixaram calejado para vencer qualquer aperto que pudesse enfrentar na carreira. 

“O Pablo, zagueiro que jogou na Ponte e que agora está aqui no Bordeaux, costuma brincar comigo. Ele diz que quem jogou no Corinthians supera qualquer pressão, qualquer torcedor que vier falar alguma coisa... E eu concordo. Quem jogou no Corinthians supera tudo, avisou. 

Até o momento, o ex-jogador alvinegro já disputou 15 partidas oficiais com a camisa do Bordeaux e marcou três gols. Na estreia do time na atual edição do Campeonato Francês, o brasileiro foi bem: titular, agradou à torcida e até balançou as redes na vitória por 3 a 2 sobre o Saint-Étienne, dentro de casa. As boas atuações encantaram Rogério Micale, que na semana passada convocou Malcom a dois amistosos da Seleção Brasileira Sub-20.