Manifestantes realizam protesto contra poluição na Baía de Guanabara

  • Por Agência EFE
  • 27/02/2016 15h48
Manifestantes usaram um caixão para colocar objetos encontrados na Baía de Guanabara em protesto

Um grupo de manifestantes realizou protesto neste sábado, para denunciar os altos níveis de poluição na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, que será o local de disputa das provas de vela dos Jogos Olímpicos.

O ato foi convocado pelo consultor ambiental Mario Moscatelli e simula um enterro da baía, com o uso de um caixão, em que forams colocado diversos objetos encontrados na água.

“Aqui, as pessoas jogam lixo domésticos, televisões, pedaços de corpos”, afirmou o biólogo, que considera a situação “uma vergonha”.

De acordo com estudos realizados por Moscatelli, dos 44 rios e canais que desembocam na Baía de Guanabara, apenas cerca de 10% apenas não estão comprometidos pela poluição.

Além das autoridades do estado do Rio, o especialista aponta que a população precisa rever o conceito de lançamento de lixo em qualquer local, já que muito acaba tendo as águas da baía como destino final.

Nos últimos 20 anos, foram investidos mais de R$ 20 bilhões na despoluição da Baía de Guanabara, mas o governo estadual já admitiu que, não completará a promessa de recuperar 80% do local de provas de iatismo dos Jogos Olímpicos, até a abertura da competição.