Mano critica arbitragem em derrota, mas admite: “não merecíamos vencer”

  • Por Jovem Pan
  • 15/09/2014 08h23
durante o jogo entre Flamengo/RJ x Corinthians/SP, realizado esta tarde no Estadio do Maracana, valido pela 21a. rodada do Campeonato Brasileiro de 2014. Juiz: Sandro Meira Ricci - Rio de Janeiro/Brasil - 14/09/2014. Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. CorinthiansMano Menezes lamenta derrota para o Flamengo

Apesar de criticar a arbitragem de Sandro Meira Ricci na derrota corintiana para o Flamengo por 1 a 0, o técnico Mano Menezes admitiu que o alvinegro paulista não mereceu vencer a partida disputada no Maracanã. Em entrevista coletiva após o apito final, o treinador disse ver os próximos compromissos corintianos [Chapecoense e São Paulo, ambos dentro de casa] como decisivos para definir as aspirações do time no torneio e, apesar da irregularidade do Corinthians no torneio, mostrou confiança para conquistar os próximos seis pontos a serem disputados.

Antes de comentar a arbitragem, que validou o gol irregular de Wallace e marcou um pênalti polêmico para os donos da casa, Mano admitiu as falhas de sua equipe. “Tivemos um início de jogo com bastante dificuldade para encaixar a marcação. Flamengo jogou forte pelo lado esquerdo deles, direito nosso. Não conseguimos jogar com a bola. Você não pode vir no Maracanã e ficar esperando, achar uma jogada do nada. Aliás, em lugar nenhum”, analisou. 

Mais contido do que o normal, Mano destacou a má atuação do árbitro da partida. Mesmo assim [jogando mal], para perder o jogo, tivemos que perder com um impedimento duplo. Dois em um só. Depois, mais um erro [pênalti para o Flamengo defendido por Cássio], no meu entendimento. Mas não merecíamos vencer o jogo”, admitiu. 

O Corinthians volta aos gramados na próxima quinta-feira (18) para encarar o Chapecoense na Arena. Mano acredita que uma vitória sobre os catarinenses será fundamental para um bom desempenho no clássico do final de semana. “Não podemos jogar com a Chapecoense pensando no São Paulo. Temos um clássico, sabemos que é duríssimo, mas vamos pensar primeiro na Chapecoense. Vamos conquistar a vitória na nossa casa. Tenho certeza que se conseguirmos fazer isso as influências serão boas no domingo. Faremos um bom jogo contra o São Paulo também”. 

Futuro do time na competição

Com 36 pontos, o Corinthians é o quarto colocado na tabela, 10 pontos atrás do líder Cruzeiro. O treinador foi sincero ao falar das aspirações do alvinegro no restante do campeonato. “No somatório do que fizemos até agora, estamos jogando mais para a Libertadores do que para título. Não podemos perder a análise correta. Se quisermos jogar para título, temos de jogar mais. E as oportunidades de comprovar isso serão as próximas”, opinou. 

Questionado sobre a importância do clássico e a arrancada do rival, Mano desconversou e voltou os olhos ao seu grupo. “O São Paulo é uma das equipes que cresceram bastante na competição. Temos que nos preocupar com a gente. Temos que mostrar a que viemos na competição”, finalizou.