Mano elogia paraguaio e projeta Renato Augusto como titular no clássico

  • Por Jovem Pan
  • 24/07/2014 08h03
SÃO PAULO, SP, 23.07.2014: COPA DO BRASIL/CORINTHIANS-BAHIA - A, do Corinthians, comemora seu gol - Partida entre Corinthians x Bahia, válida pela 3ª fase da Copa do Brasil de Futebol 2014, realizada na Arena Corinthians (Itaquerão), em São Paulo, nesta quarta-feira (23). (Foto: Mauro Horita/AGIF/Folhapress)Veja as imagens de Corinthians e Bahia pela Copa do Brasil

Depois de realizar grande atuação e bater o Bahia por 3 a 0 na Arena, o Corinthians encaminhou sua vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil e já pode voltar suas atenções para o clássico do próximo domingo (27) diante do Palmeiras, também em sua nova casa. Em entrevista coletiva após a partida, o Mano Menezes se mostrou muito satisfeito com a “atuação madura” da equipe. O treinador elogiou Romero e Renato Augusto, que deve ser o substituto de Jadson, suspenso, para o duelo contra o arquirrival como sinalizou o próprio Mano. 

Com um primeiro tempo de muita intensidade, o Corinthians construiu a vitória diante do Bahia sem sofrer muitos riscos. Mano celebrou a solidez apresentada pela equipe. “Jogamos como queríamos. É difícil manter 90 minutos jogando com uma marcação alta, mas conseguimos respirar um pouco. A equipe foi madura e bem acima de outras atuações. Provavelmente, uma das melhores apresentações da temporada”, disse. 

O paraguaio Angel Romero começou pela primeira vez uma partida como titular e agradou tanto a torcida como o treinador, que pediu calma com o jovem atacante de 22 anos. “Primeira vez que inicia um jogo, foi bem, movimenta bem, dá opção… Um pouquinho antes do jogo, disse que ele dá profundidade à movimentação do ataque. Estávamos encurtando muito o campo de jogo, trazendo o adversário. O que mais me chamou a atenção quando observamos para contratá-lo é o tipo de movimentação que ele faz saindo nas costas do zagueiro. Acrescentou bastante, mas vamos com calma. Felizmente nossa equipe está dando segurança para irmos com calma com os jogadores que chegaram”, comemorou. 

Marcado por muitas lesões desde que chegou ao Corinthians no início de 2013, Renato Augusto entrou no segundo tempo e anotou o terceiro gol alvinegro, de pênalti. Mano elogiou o atleta e sinalizou que meia deve ser o substituto de Jadson, que está suspenso no Campeonato Brasileiro e não encara o Palmeiras no próximo domingo. “Tenho dito que Renato Augusto e Jadson são muitos parecidos em suas funções, e acho importante ressaltar o crescimento de Renato em termos de força. Ele se sente mais seguro e passa essa segurança. Arrancou muito bem na jogada que culminou no pênalti. É bem provável que Renato Augusto seja o substituto de Jadson”, projetou.

O treinador corintiano reconheceu a importância do primeiro clássico disputado na Arena, mas negou que seja o grande testa da equipe na temporada. “Não julgo assim em um campeonato em que temos muitos adversários. Não jogamos só contra o Palmeiras, mas com as principais equipes do país. Não basta só ganharmos o clássico, ainda que o torcedor o enxergue de maneira diferente”, finalizou.