Mano Menezes será julgado por expulsão e pode ser suspenso por até seis jogos

  • Por Jovem Pan
  • 04/12/2014 10h12
durante a partida entre Atletico/MG x Corinthians/SP, realizado esta noite no Mineirao, jogo da volta pela Copa do Brasil 2014. Juiz: Leandro Pedro Vuaden - Belo Horizonte/MG/Brasil - 15/10/2014. Foto: © Daniel Augusto Jr. / Ag. CorinthiansMano Menezes lamenta vexame corintiano em Minas Gerais

Mano Menezes será julgado, nesta sexta-feira (05), pelo Supremo Tribunal de Justiça Desportiva devido à expulsão na derrota corintiana diante do Fluminense por 5 a 2, no último domingo (30), em duelo válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Caso seja condenado por desrespeito à arbitragem, o treinador pode pegar de um a seis jogos de suspensão. Neste sábado (06), o Timão enfrenta o Criciúma dentro de sua Arena, no último compromisso pelo torneio nacional. 

Jovem Pan transmite todas as emoções de Corinthians x Criciúma, com narração de José Manoel de Barros, reportagens de Luis Carlos Quartarollo e Fabio Seródio, e comentários de Claudio Carsughi e Bruno Prado. Intervalo e Fim de Jogo ficam por conta de Marcio Spimpolo. O Plantão Esportivo será comandado por Vander Luiz. O Jovem Pan Online transmite, minuto a minuto, todos os lances da partida. Para acompanhar, acesse www.jovempan.com.br a partir das 16h30 (de Brasília).

No duelo diante dos cariocas, a marcação do segundo pênalti em favor dos Tricolor irritou Mano Menezes, que esbravejou contra a atuação do goiano Wilton Pereira Sampaio. O quarto árbitro Pathrice Wallace Corrêa Maia informou ao árbitro as reclamações do comandante corintiano. 

Na súmula, Sampaio relatou o ocorrido. “Depois da marcação de uma penalidade contra sua equipe, (Mano) reclamou com gestos e palavras dentre as quais o quarto árbitro pôde identificar: ‘Tá vendo aí, eu falei que ele estava mal, é uma vergonha o que ele está fazendo. Isso é um absurdo’. O referido técnico, após ser comunicado de sua expulsão, levou aproximadamente dois minutos para deixar o banco de reservas e os arredores do campo”, escreveu no documento.

Além do treinador, outro dirigente corintiano será julgado por ofensas ao árbitro. “Após o término da partida, quando nos dirigíamos ao vestiário da arbitragem, o supervisor de futebol do Sport Club Corinthians Paulista, sr. Saulo Magalhães, na zona mista, proferiu as seguintes palavras a minha pessoa: “Parabéns Wilton, você fez direitinho o serviço. Seu vagabundo safado”. Magalhães pode ser suspenso por até 290 dias.