Marcelo Melo vence nas duplas e está na final do ATP 500 de Acapulco

  • Por Agência EFE
  • 28/02/2015 03h30

Ao lado do companheiro Julian KnowleMarcelo Melo na disputa do Brasil Open

O brasileiro Marcelo Melo e seu companheiro, o croata Ivan Dodig, venceram nesta sexta-feira os colombianos Juan Sebastián Cabal e Robert Farah, por 2 sets a 1, e garantiram uma vaga na grande final do torneio ATP 500 de Acapulco, no México.

Melo e Dodig precisaram de 1h43min para superar os colombianos, com as parciais de 4/6, 7/6(6) e 10/4. Os adversários fizeram jogo duro, vencendo o primeiro set e impondo dificuldades no segundo. Melo e Dodig tiveram que salvar um match-point, sacando em 5 a 6 no tie-break da segunda parcial, o que deu confiança aos dois para encarar o super tie-break, vencido com relativa facilidade.

A dupla do brasileiro, que é a primeira cabeça de chave do torneio, terá como adversários na grande final o polonês Mariusz Fyrstenberg e o mexicano Santiago González, que venceram o dominicano Víctor Estrella-Burgos e o bielorrusso Max Mirnyi por 6/3 e 7/6(3).

Já pelo torneio de simples, o japonês Kei Nishikori se garantiu na grande final ao bater o sul-africano Kevin Anderson, por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 3/6 e 6/3.

O adversário de Nishikori será o espanhol David Ferrer, campeão do Rio Open no último domingo, e que bateu hoje, com direito a dois “pneus”, o americano Ryan Harrison, que veio do qualifying e se transformou na grande surpresa do torneio, por 4/6, 6/0 e 6/0.

Na chave feminina, o torneio WTA de Acapulco será decidido entre a suíça Timea Bacsinszky e a francesa Caroline Garcia.

A suíça se credenciou para a grande final ao superar hoje a búlgara Sesil Karatantcheva, por 6/2 e 6/4. Já a francesa disputaria a semifinal contra a favorita do torneio, a russa Maria Sharapova, que desistiu da competição devido a problemas estomacais.

Nas duplas, a final será entre as espanholas María-Teresa Torró-Flor e Lara Arruabarrena, que venceram a dupla Kiki Bertens (Holanda) e Johanna Larsson (Suécia) por 2/6, 6/2 e 10-6, e as tchecas Andrea Hlavackova e Lucie Hradecka, que eliminaram Elena Bogdan (Romênia) e Nicole Melichar (EUA) por 6/4, 1/6 e 11-9.