Marcelo Oliveira faz piada sobre pressão e garante ambiente bom no Palmeiras

  • Por Jovem Pan
  • 19/02/2016 19h07
SP - FUTEBOL/PALMEIRAS/COLETIVA - ESPORTES - O técnico Marcelo Oliveira durante coletiva de imprensa do Palmeiras na academia de Futebol do clube, no bairro da Barra Funda, zona oeste de São Paulo, nesta sexta-feira. 19/02/2016 - Foto: MISTER SHADOW/ASI/ESTADÃO CONTEÚDOPerguntado sobre a pressão

O técnico Marcelo Oliveira não vive seu melhor momento no Palmeiras. Nos últimos quatro jogos, a equipe empatou três e perdeu um. Um dos empates foi na estreia contra o River Plate do Uruguai, time considerado fraco. No entanto, o treinador garantiu não estar pressionado, mesmo em caso de derrota contra o Santos, no sábado.

“Minha pressão é 12 por 8, não muda por causa do clássico, não”, disse Marcelo, fazendo referência a sua pressão corporal. O comandante ainda negou ter problemas com o elenco. “(O clima) É muito bom, nunca tive problema com jogador de tirar, alguma indisciplina. Fico grato pelo reconhecimento (do grupo). Temos todos os ingredientes para fazer um grande jogo e fortalecer, retomar o caminho das boas vitórias”, disse.

Para o clássico, o treinador prevê um duelo acirrado, como aqueles que aconteceram em 2015. “É equilibrado, e o Palmeiras quer se afirmar. O Santos tem bom toque de bola, nós no último jogo melhoramos. Queremos uma grande vitória para nos encaminhar de vez para grandes conquistas”, afirmou.

Marcelo Oliveira ainda informou que o atacante Lucas Barrios está vetado para o clássico. “Ele teve uma distensão muscular com menos gravidade. Deve ficar um período curto recuperando e não joga”. No entanto, não foi informado quem será o substituto do paraguaio. O mais provável é que a vaga fique com Alecsandro.